HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Da obsessão à glória eterna

Card image

Créditos: Cesar Greco/ Comemoração do bicampeonato da Libertadores.

Hoje não tem como não fazer um texto em primeira pessoa, sem análise de jogo. Não sei nem como se analisa um jogo desses – fui escalada para fazer o pós-jogo em vídeo, logo depois da partida, para uma página de que faço parte e eu só sabia chorar. A emoção de ser campeão é sempre incrível, mas a de vencer um título da Libertadores contra um rival no Maracanã, com gol aos 99 minutos, depois de viver um ano conturbado de pandemia, de altos e baixos no time, mudança de técnico… Ah! Essa emoção só pode ser traduzida em lágrimas, gritos, abraços e muita comemoração (as palavras são insuficientes)!

São muitos motivos para celebrar: Abel Ferreira ainda não havia conquistado nenhum título como técnico; as Crias da Academia são peças fundamentais no time e eram estreantes na competição (podiam ter sentido a final, mas fizeram um campeonato inteiro e última partida como gente grande); a equipe toda estava muito desgastada por ser muito eficiente, disputar as três competições em andamento e, por isso, jogar a cada três dias. Existem ainda outras razões que colocam o Palmeiras num nível de merecimento altíssimo.

A Libertadores é alviverde por muito mérito. A melhor campanha do campeonato, um time que conseguiu vencer o River Plate (até então, favoritíssimo candidato ao título) na Argentina por 3×0, uma equipe que viu Rony crescer, se desenvolver e ser. O Palmeiras concretizou a jornada de forma bastante justa (por mais que isso nem sempre aconteça no futebol).

Da parte de torcedora, só consigo pensar em tudo o que fiz para ver este jogo, todas as superstições cumpridas, promessas feitas e toda a dor sentida durante a partida. O nervosismo, a tensão, o desespero… Tudo o que uma final de Libertadores demanda. Dias antes, na minha cabeça, passava apenas um pensamento: “Não podemos ficar no quase mais uma vez e este time MERECE TANTO este título”.

O gol de Breno Lopes, depois do cruzamento de Rony, que recebeu um lançamento de Danilo na medida, pode ter sido, como muitos dizem, improvável – eu esperava pela prorrogação, mas ainda achava possível vencer –, até por quem o fez; contudo é também a demonstração de que Palmeiras é sinônimo de luta, esperança, força e perseverança. Nós somos isso; nós somos o grito de alívio no finzinho dos acréscimos; nós somos o abraço apertado de uma espera tão grande; nós somos as lágrimas de alegria descarregando um amor tão puro, que sabe ser paciente mesmo quando precipitado, apressado, aflito.

O Palmeiras deu novamente ao torcedor, sofrido e inquieto, a felicidade de uma Glória Eterna. Todo dia, nos lembramos do porquê ser Palmeiras é tão lindo, mágico e incrível, mesmo nas dores. Mas, quando vencemos, lembramos também que o sonho é possível, que vale a pena ser Palmeiras em qualquer momento e situação, porque nosso time nos mostra que a luta diária pode ser reconhecida e, então, contemplada com grandes triunfos. O alviverde imponente traz a certeza de que podemos transpor os obstáculos e vencer. Ser Palmeiras é ter fé e esperança, seguir em frente, nunca desistir e se reinventar quando necessário.

O bicampeonato vai além de ganhar um título tão importante. É a conquista do propósito, a reafirmação da alma e do coração, da essência palmeirense. O orgulho, a coragem e a delícia de ser Palmeiras coroados com a taça Libertadores.

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Comentários

  1. Larissa Botelho disse:

    O título veio para lavar as nossas almas! 💚

  2. Nishimura Tokyo/JP disse:

    Uma bela narrativa! Sentimentos e palavras que certamente muitos Palmeirenses concordam e compartilham!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade