HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

CSA

CSA vacila, empata com o Náutico e vai jogar a Série B em 2021

Card image

Créditos: Augusto Oliveira / CSA

O sonho azul e branco de voltar à elite do futebol brasileiro chegou ao fim. Com o empate em 1 a 1 com o Náutico na noite da última sexta-feira (29), as chances de acesso do CSA caíram por terra no estádio dos Aflitos, em Recife. O Azulão, que nem sequer fez sua parte, ainda viu o Juventude vencer o Guarani por 1 a 0 e ficar com a última vaga para o Brasileirão 2021.

Contra o Timbu, o CSA voltou a cometer os erros de finalização e de marcação que o prejudicaram na reta final da segundona. Mesmo tendo começado melhor e tendo duas chegadas perigosas antes dos 10 minutos com Yago e Gabriel, que pararam no goleiro Anderson, o CSA não conseguiu se impor no jogo.

Os erros de passe e o nervosismo em querer resolver a partida acabaram pesando contra a equipe, que viu o Náutico crescer e marcar com Erik, em jogada individual pela ponta direita, aos 38′. O atacante alvirrubro passou com facilidade por Diego Renan, entrou na área e mesmo cercado por três defensores azulinos, teve liberdade para finalizar de canhota e abrir o placar. Para piorar, antes do gol do Náutico, Renato Cajá havia marcado para o Juventude em Campinas, contra o Guarani.

Precisando desesperadamente da vitória, o CSA foi para cima. aos 10′ Mozart mexeu por atacado tirando Paulo Sérgio, Andrigo e Filemon, e pôs em campo Pedro Lucas, Pedro Júnior e Rodrigo Andrade. As mudanças surtiram efeito rapidamente. Três minutos depois Nadson lançou Pedro Lucas, que driblou Anderson e deixou tudo igual. 1 a 1.

O CSA voltou a crescer no jogo, mas não chegava a incomodar os donos da casa. O jogo foi se arrastando e nada mudava. Rafinha e Marquinhos ainda entraram para tentar a virada, mas ela não veio. No fim, desesperado, o CSA esqueceu de defender e quase tomou um gol de Carpina, que perdeu um gol incrível aos 48′.

Com o fim do campeonato, ficam lições para o CSA. A equipe desperdiçou várias chances de chegar à última rodada com a vida praticamente definida ou ao menos dependendo apenas de si, mas não conseguiu vencer adversários como Figueirense e Paraná, que foram rebaixados. Ainda não fez valer o mando de campo contra Avaí e Brasil-RS, empatando com ambos no Rei Pelé. Depois de tantos tropeços, a conta chegou e resta ao Azulão a Série B em 2021.

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade