HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Não haverá show músical na final da Libertadores

Card image

Créditos: Foto:AFP

A final da Copa Libertadores , que será disputada no próximo sábado a partir das 17h, no estádio do Maracanã, terá duas peculiaridades ligadas à partida anterior que Santos e Palmeiras farão.

Em primeiro lugar, ao contrário das últimas edições, não haverá show às vésperas do jogo, devido à pandemia do coronavírus que obriga a final a ser disputada sem público, a Conmebol optou por não realizar nenhum show musical, como aconteceu na final de 2019, por exemplo.

O troféu da Libertadores entrará no gramado do Maracanã, carregado por um ídolo de cada equipe, dois atacantes que conheceram a glória da conquista da Copa: o Evair, pelo Palmeiras, e Pepe, pelo Santos.

Não haverá show na final da Libertadores e duas glórias entrarão com o troféu

Evair foi campeão em 1999, quando o Palmeiras deixou Vasco, Corinthians e River no caminho, antes de vencer o Deportivo Cali na final, decidida nos pênaltis. O atacante marcou um gol na partida decisiva contra os colombianos.

Pepe foi bicampeão com o Santos em 1962 e 1963. No primeiro título marcou quatro gols na campanha pelo título, quando o Peixe venceu o Peñarol na final. No final do ano passado, Pepe, 85, contraiu o coronavírus e passou alguns dias no hospital, mas superou a doença.

Não haverá show na final da Libertadores e duas glórias entrarão com o troféu

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade