HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Foi lindo, cara

Card image

Créditos: RICARDO DUARTE/ SPORT CLUB INTERNACIONAL OFICIAL

Enfim, acabou a escrita. E foi de virada. Melhor impossível. A vitória no clássico Gre-Nal, que deixou o Inter ainda mais líder do Brasileirão, veio aos 51 minutos do segundo tempo, após pênalti duplo de Kannemann (dá pra escolher: pescoção no artilheiro uruguaio Abel Hernandez ou o corte com o braço). Edenilson, com a destreza dos grandes, marcou o gol do desafogo. Logo ele, que havia feito o solitário 1 a 0, da então mais recente (agora não mais) vitória colorada em clássicos.

Foi, sobretudo, uma vitória de Abel Braga. De novo. O homem do Gre-Nal do Século, dos 4 a 1 no clássico de Caxias do Sul, agora também é o da virada, que encerrou a série de 11 jogos sem bater o rival. E a vitória veio na melhor hora possível: quando a rodada foi perfeita para o Inter. 

Ser campeão nacional, 41 anos depois, depende da concentração colorada a partir de agora. 

Por enquanto, vamos saborear a vitória de virada no clássico, jogo que o nosso rival não vence há duas partidas. Ganhar de virada, nos acréscimos, obrigada a parafrasear Abelão: foi lindo, cara. 

Ver mais

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade