HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Palmeiras encara Flamengo em mais um passo da maratona da eficiência

Card image

Créditos: Patrick de Paula está recuperado e tem condições de ir para o jogo nesta quinta-feira (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

No futebol brasileiro, time competente e que faz direito o seu trabalho é castigado com uma maratona de jogos – exacerbada na temporada atual, é verdade, pela pandemia e pelo desespero dos dirigentes em tentar dar algum tipo de normalidade ao calendário. Finalista da Copa do Brasil e da Libertadores, o Palmeiras entra em campo nesta quinta-feira contra o Flamengo, às 1h, no estádio Mané Garrincha, para sua terceira partida em menos de uma semana pelo Brasileirão – e com o desafio de vencer para continuar na briga por mais esse título.

O empate entre Atlético-MG e Grêmio, nesta quarta, deixou o Verdão a uma vitória de encostar no Galo na terceira posição – ficaríamos com os mesmos 54 pontos, mas atrás apenas no número de vitórias. Além disso, em caso de triunfo, passaremos o próprio Flamengo, que tem 52, e ficaremos a apenas cinco do novo líder, o Internacional, e com uma partida a mais a disputar.

Por isso, é impossível querer que o técnico Abel Ferreira poupe o time titular e abandone o Brasileirão, apesar de muita gente achar que o ideal seria preservar os jogadores para a final da Libertadores. Honestamente, nesta questão acho que o técnico tem acertado até agora: ´´e importante manter o ritmo de jogo dos atletas. Eles próprios, aliás, não gostam muito disso, como o próprio Luan admitiu em coletiva nesta quarta-feira (veja abaixo): “Jogador gosta de jogar sempre”

Patrick de Paula e Gabriel Veron, por exemplo, estão recuperados de lesões sofridas contra o Sport e foram relacionados, mas provavelmente começam o jogo no banco de reservas. O único desfalque certo, das lesões mais recentes, é Gustavo Gomez, que ainda se recupera da contusão sofrida contra o River Plate e deve voltar mesmo somente na decisão. É possível ainda que Felipe Melo, que voltou ao banco no passeio de segunda-feira contra o Corinthians, ganhe alguns minutos para recuperar o ritmo de jogo, ele que está fora desde a lesão sofrida contra o Vasco em novembro e surpreendeu pela rapidez da recuperação.

Além disso, enfrentar o Flamengo ganhou um gostinho especial nos últimos anos em que os dois times têm disputado o protagonismo – a ponto de a torcida do lado de lá da Dutra, puxada por alguns jornalistas rubro-negros, voltar até a ressuscitar a ladainha de uma praticamente morta rivalidade Rio-São Paulo. Ainda está engasgada a palhaçada do primeiro turno, quando o Flamengo quis adiar a partida por causa dos jogadores infectados com covid-19 e no fim o vexame foi nosso: ficamos no 1 a 1 com um time repleto de moleques.

Além disso, no ano passado levamos duas suras deles, ambas custando o emprego de nossos técnicos: o 3 a 0 do primeiro turno, no Maracanã, derrubou Luiz Felipe Scolari, e o 3 a 1 do returno, no Allianz, despachou Mano Menezes, que nem sequer devia ter sido contratado. Mas o palco do jogo desta quinta é de boas lembranças: a vitória por 2 a 1 no Mané Garrincha, na 6ª rodada do Brasileirão de 2016, foi decisiva para credenciar o Palmeiras como candidato real ao título que ganharíamos no fim do ano. É por tudo isso que temos que ir com tudo para esse jogo e buscar mais uma vitória. Acima de tudo, porque somos Palmeiras, e quando o Palmeiras entra em campo, carrega 106 anos de uma história vitoriosa, sempre com a obrigação de fazer o melhor. Avanti!

Gabriel Jesus marca gol perseguido por dois jogadores do Flamengo. Flamengo joga com seu uniforme principal, Palmeiras de branco e calções verdes
Gabriel Jesus foi destaque da vitória sobre o Flamengo em 2016, no mesmo Mané Garrincha desta quinta (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade