HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

O Canto do Cisne de Maicon e as três finais para o Grêmio

Card image

Créditos: Grêmio Oficial

Longe de ser um jogador genial, de estar entre os melhores da história, talvez tenha exagerado na expressão que está na manchete, mas, na posição em que joga, no contexto recente do Grêmio, Maicon é CRAQUE, assim, com letras garrafais. O capitão foi o fiador deste modo de jogar que nos rendeu os títulos da Libertadores e da Copa do Brasil, além da supremacia incontestável no clássico do nosso Rio Grande.

O toque de bola dinâmico e objetivo, que envolvia os adversários e encantava as mesas redondas espalhadas pelo país, que nos fez jogar, de fato, o melhor futebol do Brasil por um momento, parece que está se esvaindo do modo de ser do Tricolor. Acomodação do clube como um todo, marra de uma gurizada que ainda não ganhou nada de relevante na carreira e a falta de qualidade de um elenco superestimado são as teses mais recorrentes para explicar a má fase do Grêmio.

Penso que tem um pouco de cada neste diagnóstico, mas, o fato é que, em meio a este mar de empates e passividade que toma conta do nosso time, a resistência do futebol técnico e competitivo que nos consagrou recentemente chama-se Maicon. Nos últimos dois jogos, até a entrada do capitão, o Tricolor era um marasmo só. Com ele campo, a postura melhora consideravelmente, tivemos lapsos daquele futebol campeão.

Sexto colocado no Campeonato Brasileiro, eliminado nas quartas de final da Libertadores e finalista da Copa do Brasil. Vamos lembrar também o título do Campeonato Gaúcho. Está longe de ser uma temporada terrível na história do clube, já tivemos anos muito piores, mas os quinze empates, combinados com a liderança do coirmão, pedem uma reação imediata do Grêmio.

Que mudanças precisarão ser feitas em breve, todos nós sabemos, e a revolta do torcedor é plenamente justificada. Só que, antes disso, temos três finais para disputar até o fim da temporada. Que o elenco entenda esse contexto e entre de forma competitiva nestas decisões. E que a comissão técnica prepare Maicon com todo o carinho para estes 270 minutos que virão pela frente.

O nosso capitão foi o fiador deste Grêmio campeão e, o seu Canto do Cisne, pode encerrar este ciclo vitorioso com ainda mais conquistas. Atrapalhar o rival na luta pelo título será uma delas, domingo temos a primeira decisão no Beira Rio. E depois a finalíssima da Copa do Brasil. Todos sabem os problemas que estão nos afligindo. Tentando ser esperançoso digo que, Maicon, em três jogos, alinhado com uma equipe que se entregue em campo, pode ser o condutor que irá salvar nosso fim de temporada.

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade