HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Flamengo precisa quebrar tabu contra times do G6 para seguir vivo no Brasileiro

Card image

Créditos: Alexandre Vidal / Flamengo

O duelo contra o Palmeiras, logo mais, às 19h, no Mané Garrincha, em Brasília, será o teste final para as pretensões do Flamengo na reta final do Brasileiro. Na 4ª posição com 52 pontos, o rubro-negro ainda sonha com o título, mas precisará quebrar o tabu de não ter vencido um adversário do G6 da Série A, nesta temporada, para seguir vivo na briga.

O retrospecto dos cariocas, contra os outros cinco primeiros colocados na tabela, é péssimo. Dos 18 pontos disputados, o Fla só conquistou 3. Foram três derrotas (São Paulo e Atlético Mineiro – duas vezes) e três empates (Internacional, Grêmio e Palmeiras), o que deixa o rubro-negro com um aproveitamento de apenas 16,66%. O detalhe é que todos os jogos aconteceram ainda sob o comando de Domenec Torrent.

Agora, com Rogério Ceni, o Flamengo tem a chance de reescrever uma nova história. A vitória sobre o Goiás na última segunda-feira (18) amenizou o clima de cobrança das últimas semanas, mas ainda deixa o torcedor com uma pulga atrás da orelha.

Rogério Ceni em treinamento do Flamengo – Créditos: Alexandre Vidal / Flamengo

A vitória do Internacional sobre o São Paulo e o empate entre Grêmio e Atlético Mineiro, na abertura da rodada, nessa quarta-feira (20), aumentam a tensão da partida em Brasília. Se antes dos resultados, o Flamengo já tratava o confronto como uma das nove finais que o separam do oitavo título nacional, agora é a hora de mostrar força.

Por isso, vencer o Palestra poderá ser o combustível perfeito para aumentar a confiança do elenco e aumentar as chances de título do Mengão. Atualmente, a probabilidade de o troféu ir para a Gávea é de 7,9% de acordo com o Departamento de Matemática, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Se por um lado o Fla ainda não bateu um concorrente pelo título nesta temporada, por outro, a lembrança dos dois duelos diante do Palmeiras na temporada passada é mais uma motivação para Gabigol e Cia. Em 2019, o rubro-negro venceu os dois confrontos contra o Verdão. Nas duas oportunidades, Gabriel Barbosa e Arrascaeta foram os destaques. No Rio, o camisa 9 marcou dois na vitória por 3 a 0, enquanto o uruguaio fechou o placar. Em São Paulo, eles repetiram a dose, com o resultado parecido: 3 a 1 para o Mengão.

Arrascaeta e Gabigol durante a vitória sobre o Palmeiras em 2019 – Créditos: Alexandre Vidal / Flamengo

Os dois jogadores voltarão a entrar em campo nesta quinta-feira (21). O que não está garantido é quem serão os companheiros no meio-campo do Flamengo. Gerson, livre de suspensão, retorna à equipe, mas Diego Ribas pode pintar entre os titulares. Éverton Ribeiro seria uma das opções para deixar a equipe. No gol, Hugo Souza segue no time, já que Diego Alves ainda não se recuperou da lesão na coxa direita.

O Flamengo deve ir a campo com Hugo Souza; Isla, Rodrigo Caio, Gustavo Henrique (Natan) e Filipe Luís; Arão, Gerson, Arrascaeta e Éverton Ribeiro (Diego); Bruno Henrique e Gabigol.

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade