HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Pontinho na raça.

Card image

Créditos: Fernando Neto e Léo Ceará fizeram os gols do pontinho suado. Foto: Roberto Zacarias/Mafalda Press.

O rubro-negro baiano conseguiu um resultado muito importante na noite desta quarta-feira frente o Avaí no estádio da Ressacada. O empate em 2 a 2 veio com sabor de vitória, já que a equipe ficou por duas vezes atrás do marcador. Valdívia e Jonathan marcaram para os catarinenses; Fernando Neto e Léo Ceará fizeram pro leão baiano. Com o resultado o leão da barra abriu 2 pontos em relação a Paraná e Figueirense que abrem a zona de rebaixamento. Já o Avaí desperdiçou a chance de se aproximar do G4 e agora ocupa a sexta posição com 48 pontos.

O JOGO:

O Avaí dominou o primeiro tempo e criou as principais oportunidades de gol. Logo aos 4 minutos Rômulo avançou pela direita e chutou forte para uma boa defesa de César. Aos 7, após cobrança de escanteio, Ronaldo desviou de cabeça e assustou os rubro-negros. Aos 11, após boa jogada individual Valdívia finalizou colocado de fora da área e exigiu mais uma boa defesa de César. O gol que já estava maduro saiu aos 13: Edílson cobrou escanteio no primeiro pau, Romulo desviou e deixou Valdívia livre para finalizar com estilo. Avaí 1×0. Após o gol os catarinenses recuaram um pouco e passaram a dar a bola para o Vitória, que não sabia o que fazer com ela. O time rubro-negro só foi assustar aos 26 minutos, numa boa tabela entre Fernando Neto e Thiago Lopes, que deixou de calcanhar para Léo Ceará, porém o artilheiro demorou para definir e terminou desarmado pelo defensor catarinense. Aos 34 Romulo, livre na grande área perdeu uma ótima chance de ampliar o marcador. E terminou assim o primeiro tempo.

Valdívia foi o grande nome do jogo na primeira etapa. Foto: Frederico Tadeu Silva/Avaí FC

No segundo tempo o Vitória voltou com uma postura completamente diferente e foi premiado com o gol de empate logo no primeiro minuto. Vico fez ótima jogada individual e tocou para o chute de Fernando Neto, que com muita categoria balançou as redes de Glédson. O gol mudou completamente o jogo e o Vitória continuou atacando, porém pecava sempre no último passe. Aos 15 minutos Caique Souza lançou na área e Thiago Lopes tentou de bicicleta, sem assustar tanto a meta avaiana. O cenário parecia favorável ao rubro-negro e a impressão era de que, quando acertasse o último passe chegaria a virada. Porém o futebol é sempre traiçoeiro e num erro de Alisson Farias, que tentou driblar dois defensores no campo de ataque, o Avaí partiu em velocidade, Valdívia avançou, chutou de fora da área, César não segurou e na sobra, Jonatan empurrou para o fundo da rede. O gol desestabilizou o Vitória, que quase levou o terceiro em duas oportunidades, ambas defendidas por César. Aos 45 minutos, quando tudo parecia perdido, Alisson Farias, que voltava de lesão fez uma boa jogada pela esquerda e cruzou com capricho para Léo Ceará, o artilheiro subiu bonito e decretou o empate. Aos 49, por muito pouco não veio a virada: Alisson Farias recebeu uma ótima bola pela direita, puxou para dentro e bateu colocado para o gol. A bola passou muito perto! Terminou mesmo no 2×2. Amargo para leão da ilha, com gostinho de vitória para o leão da barra.

Léo Ceará voltou a marcar e deu esperanças ao torcedor rubro-negro. Foto: Premiere Play

Destaques positivos: Fernando Neto, marcou gol, ajudou na saída de bola e deu um bom ritmo ao time, principalmente no segundo tempo. Vico, mesmo abaixo do que vinha rendendo, foi importante no lance do primeiro gol. César: Apesar de ainda não passar 100% de segurança para o torcedor teve uma atuação de destaque e impediu um triunfo avaiano. Alisson Farias, voltou bem da lesão e certamente será uma peça importantíssima nessa reta final de temporada. Léo Ceará brigou muito, não estava em uma grande noite mas merece o destaque pela luta e pelo gol, importantíssimo!

Destaques negativos: Rafael Carioca, sempre ele. Uma avenida pela esquerda e completamente afobado nas jogadas ofensivas. Van, marcou e apoiou muito mal, errou passes curtos, arremessos laterais, trágico! Thiago Lopes também esteve apagado, figura decorativa em campo. Gerson Magrão, o mesmo de sempre. Sem palavras.

FICHA TÉCNICAAvaí 2×2 Vitória – 34ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro:

Avaí: Glédson, Edílson, Fagner Alemão (Renato), Alan Costa, Betão e João Lucas; Ralf, Pedro Castro (Rafael Pereira) e Valdívia (Leandrinho); Ronaldo (Jonathan) e Romulo (Vinícius Leite). Técnico: Claudinei Oliveira.

Vitória: César, Van, Wallace, João Victor e Rafael Carioca (Leocovick); Matheus Frizzo (Lucas Cândido), Fernando Neto, Gerson Magrão (Caíque Souza, e depois Samuel) e Thiago Lopes; Vico (Alisson Farias) e Léo Ceará. Técnico: Rodrigo Chagas.

Ver mais

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade