HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

River se agarra nas suas épicas viradas para fazer história

Card image

Créditos: Flicker CARP

Nesta terça, a partir das 21h30, River vai partir em busca de um feito heroico no Allianz Parque . Depois de perder por 3 a 0 em casa para o Palmeiras, o Milionário buscará a façanha: se classificar para a final da Copa Libertadores. Como prévia, o Atrás do Gol reviveu a história da equipe de Marcelo Gallardo, traçando um resultado adverso na primeira partida. Além disso, lembramos os grandes momentos de história Milionária em que teve que virar um resultado improvável para comemorar.

A primeira vez que o River de Gallardo enfrentou uma equipe brasileira no confronto direto foi pelas quartas de final da Copa Libertadores 2015 contra o Cruzeiro. El Millonario tinha acabado de tirar o Boca da Copa e sentiu o desgaste: a oito minutos do final, o time de Belo Horizonte marcou o gol da vitória. No Mineirão, a equipe de Núñez fez uma das melhores partidas do seu ciclo: virou a série com um 3 a 0 e acabou se sagrando campeã dessa edição.

Dois anos após, nas quartas de final da Libertadores 2017, o Millo sofreu um 3-0 contra Jorge Wilstermann da Bolívia , com a altura e o campo jogando um papel importante. Na volta no Monumental, antes dos 20 minutos já ganhava por 3-0 e tinha tudo para confirmar a vitória. O fim da história? 8-0 e ir para as semifinais para o delírio do povo.

No ano seguinte, veio o embate contra Grêmio no Monumental.  Michel cabeceou em um escanteio e deu a vitória ao time gaúcho com uma finalização espetacular . “Não tem outra opção a não ser ir e vencer no Brasil, e já fizemos isso. Que as pessoas acreditem, porque têm algo em que acreditar ”, disse Gallardo e mais uma vez  o Millo deu a volta por cima : 2-1 com um gol de pênalti de Pity Martínez aos 95 minutos após uma mão denunciada através do VAR.

A última série em que o time comandado por Gallardo reverteu um resultado adverso no jogo de ida foi contra o Athético Paranaense pela Recopa Susamericana em 2019. Depois do 0-1 na Arena da Baixada, La Banda conseguiu uma agonizante virada heróica por 3-0 se confirmou e foi o décimo título da era Gallardo.

O River entra em campo hoje apostando na mística da camisa Milionária e a qualidade de sua equipe, hoje tem tudo para ser uma noite épica em São Paulo.

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade