HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Corinthians, único brasileiro que conquistou título continental contra rival

Card image

Créditos: AFP

O Corinthians venceu o São Paulo no Pacaembu no dia 17 de julho de 2013, por 2×0 e conquistou a Recopa Sul-Americana. Foi a primeira Recopa do Timão e com gosto especial por ter sido um titulo continental conquistado em cima de um grande rival do estado, feito ainda não repetido por nenhum outro brasileiro.

A competição começou em 1989 e foi criada para reunir os campeões da Libertadores e da Supercopa Libertadores, e assim descobrir o melhor time sul-americano entre os dois torneios disputados. Em 1997, a Supercopa teve fim e a Recopa ficou sem acontecer por três anos, até a criação da Copa Sul-Americana em 2003.

Em 2012, o time de Tite conquistava a Libertadores Invicta e o Mundial de Clubes, com o título continental se credenciou para a Recopa de 2013 e enfrentou o São Paulo em duas partidas.

Tendo vencido o primeiro duelo no Morumbi por 2×1, o Timão foi a campo no Pacaembu com: Cássio; Edenílson, Paulo André, Gil e Fábio Santos; Ralf, Gulherme e Danilo; Romarinho, Emerson Sheik e Guerrero. Já o São Paulo entrou em campo tendo que reverter o resultado com: Rogério Ceni; Douglas, Lúcio, Rafael Tolói e Juan; Denilson, Wellington, Rodrigo Caio e Ganso; Osvaldo e Luís Fabiano. Na época a equipe era comandada por Paulo Autuori.

O primeiro gol foi marcado por Romarinho, que está atualmente no futebol árabe, aos 35 minutos do primeiro tempo. O atacante aproveitou bola que sobrou na área após Guerrero ser travado, para empurrar para o fundo do gol. Aos 23 do segundo tempo, o meia Danilo, aproveitou rebote na pequena área e ampliou o placar.

Após isso, outros times brasileiros ganharam a Recopa, mas nenhum em cima de rival brasileiro. O Atlético Mineiro ganhou em 2014, em cima do Lanús, o Grêmio do Independiente em 2018, o Flamengo do Independiente del Valle. Palmeiras e Santos podem se encontrar numa possível final de Libertadores, mas por enquanto, apenas o Corinthians sustenta o feito brasileiro em competições continentais.

Ver mais

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade