HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Chá de Realidade

Card image

Créditos: Márcio Cunha/Chapecoense Oficial

Quando iniciamos a temporada de 2020, a desconfiança tomava conta das mentes e corações dos torcedores da Chape. A queda para a série B, o déficit financeiro, tudo levava a crer que teríamos um ano péssimo.

Com o início do Catarinense e a péssima campanha da equipe, que esteve muito perto do rebaixamento, o pessimismo se intensificou. Já não víamos esperança de uma temporada positiva para o Verdão do Oeste.

A vinda de Umberto Louzer deu novo gás ao time da Chapecoense. As vitórias começaram a acontecer, a virada de chave fez a equipe vencer o Estadual e o time manteve o bom aproveitamento na segunda divisão nacional. Virou o turno, nos mantivemos com um impressionante aproveitamento no certame, e a inédita conquista de um título nacional entrou em pauta nas conversas de botequim, no bate papo das ruas, nas rádios locais e dentro do clube.

Finalizamos o ano de 2020 com a terrível perda do Presidente Paulo Magro, grande nome da verdadeira reconstrução do Verdão. Com o acesso praticamente garantido à série A, nos restava buscar o título, o grande objetivo da temporada.

Você pode estar se perguntando o porquê de um discurso tão “pessimista” neste momento, visto que a temporada 2020 ainda não terminou (embora o ano sim). A derrota para o Botafogo de Ribeirão Preto só escancarou os grandes problemas do Verdão. A apatia, o desinteresse, a falta de intensidade em campo e até mesmo a desorganização tática e teimosia do treinador demonstraram que o ano acabou para a Chape. É isso mesmo. Subimos, chegamos ao máximo que podíamos. O time não demonstra desempenho e nem postura de quem almeja um título brasileiro.

Conseguimos muito mais do que podíamos imaginar para a temporada 2020, e agora nos resta planejar uma difícil série A que se avizinha e dar rodagem aos jovens do elenco.

Por mais Foguinhos e menos Felipes Garcias dentro das quatro linhas, parabenizo o América MG pelo tricampeonato e me despeço da série B.

Ver mais

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade