HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Flamengo volta a errar, sofre virada do Flu e fica longe do octa

Card image

Créditos: Alexandre Vidal / Flamengo

No primeiro jogo do ano, o Flamengo voltou a cometer erros defensivos no Maracanã e foi derrotado no clássico contra o Fluminense por 2×1, nesta quarta-feira (6), na abertura da 28ª rodada do Brasileirão. A derrota para o rival tricolor pesa nos bastidores da Gávea já que o rubro-negro perdeu a chance de diminuir a distância para o líder São Paulo, goleado pelo Bragantino, também nesta noite.

Além de não aproveitar o tropeço dos paulistas, o Flamengo voltou a apresentar um futebol sem grandes repertórios. No primeiro tempo, o time de Ceni até manteve a posse de bola durante a maior parte do tempo, mas encontrou dificuldades para penetrar a zaga tricolor, diante da boa marcação do time comandado por Ailton Ferraz.

Nos primeiros minutos do clássico, o Fla teve duas grandes oportunidades de abrir o marcador. Na primeira, Gabigol dominou a bola dentro da área, após corta-luz de Éverton Ribeiro, mas chutou sobre o gol de Marcos Felipe. No lance seguinte, Rodrigo Caio ganhou dos marcadores pelo alto e testou firme para o gol, mas o goleiro tricolor espalmou, salvando o Flu.

Créditos: Alexandre Vidal / Flamengo

A partir daí, o Flu encurtou os espaços e não deixou o Flamengo jogar. Arrascaeta, como bom oportunista, abriu o marcador para o Mengão aos 39 minutos, em uma bela jogada do criticado Éverton Ribeiro, mas foi só. Já do outro lado, Ailton soltou o time após o gol sofrido e o time das Laranjeiras só não chegou ao empate por milímetros aos 50 minutos em chute de Yuri, que passou raspando a trave de Hugo.

Com o caminho para o empate desenhado, o Fluminense voltou melhor no segundo tempo, mais ofensivo e mandou durante os 45 minutos finais. Comandado pelo interminável Fred, o tricolor seguiu deixando a defesa rubro-negra atordoada e empatou em uma ótima cabeçada de Lucas Claro, aos 9 minutos.

O gol abalou os jogadores da Gávea. Erros sucessivos de passes, falta de criatividade e uma insistência em jogar pelo lado esquerdo deixavam o Flamengo previsível e fácil de ser interceptado. Bom para o Flu, que soube entender o desenho do jogo e quando o empate parecia um bom resultado, veio a consagração no finzinho. Filipe Luís tentou passar para Arão dentro da área, o volante não alcançou a redonda, e a bola ficou limpa para Yago Felipe só empurrar para o fundo das redes de Neneca, aos 47 do segundo tempo.

Derrota que põe fim na invencibilidade do Flamengo em clássicos contra o Flu, desde 2016; deixa o clube estacionado na terceira posição do Brasileiro, com sete pontos atrás do São Paulo; e aumenta as críticas sobre o trabalho de Rogério Ceni, que parece não encontrar o remédio para os problemas de repertório do Fla.

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade