HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Assombrar para começar o ano com o pé direito

Card image

Créditos: André Jonsson/OFEC

É até difícil de acreditar, mas o longo Campeonato Brasileiro da Série B está na reta final. Para o Operário são sete jogos e um objetivo muito claro: fugir de qualquer remota possibilidade de cair para a Série C. Por isso, somar pontos contra o Vitória, em Salvador, no domingo (3) é essencial. O jogo marcado para às 18h15, no Barradão, é a oportunidade para que o Fantasma comece 2021 com o pé direito e se aproxime ainda mais da meta de se manter na segunda divisão.

Mesmo vindo de vitória por 3×0 em casa contra o Juventude e os 10 dias para trabalhar, o final de ano foi movimentado em Vila Oficinas. Além da confirmação da saída do Presidente do Grupo Gestor do Futebol do clube no fim do brasileiro, o clube ainda anunciou a saída dos laterais Sávio e Julinho e do volante Mazinho, por fim de contrato.

A saída dos atletas é dor de cabeça para o treinador Matheus Costa, principalmente na lateral esquerda. Fabiano, titular da vaga, deve ficar fora da partida por ter vínculos com o Vitória e estar emprestado ao Operário. Sem peças para reposição direta, o treinador deve improvisar um zagueiro para a posição ou apostar num esquema com três defensores. Outro jogador que desfalca o Fantasma é o meia Jean Carlo, no Departamento Médico do clube.

Para encarar o Vitória, o Fantasma deve entrar em campo com: Martín Rodríguez; Alex Silva, Rafael Bonfim, Ricardo Silva, Fábio Alemão; Jiménez, Marcelo, Tomas Bastos; Douglas Coutinho, Rafael Oller e Ricardo Bueno.

No lado baiano do confronto, os mandantes vêm de derrota por 3×0 para o CSA fora de casa. Os rubro-negros tem 36 pontos, um a mais que o Náutico, primeiro dentro da zona de rebaixamento.

No primeiro jogo do ano, o Operário tem a chance de ficar mais próximo dos 45 pontos necessários para respirar tranquilo, na sequência ainda recebe o lanterna Oeste. Somar ao menos quatro pontos nestes dois confrontos é ideal para que os gestores do clube possam se preocupar com coisas mais urgentes que apareceram.

Temos menos de um mês para a saída da principal peça do Grupo Gestor do futebol do clube, dois para o início do Paranaense, e ainda não sabemos como vai ser o futuro do Operário. A pontuação que matematicamente facilita a permanência na Série B pode ser um primeiro passo para que algumas decisões possam ser tomadas, pensando já no futuro do clube.

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade