HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Confiança tropeça nas próprias pernas e perde para o Brasil

Card image

Créditos: Giancarlo Santorum

Brasil de Pelotas e Confiança se enfrentaram na tarde desta segunda-feira, no estádio Bento Freitas, e o Xavante venceu por 1×0 com um gol de Bruno José no final do primeiro tempo.

A primeira etapa da partida foi equilibrada, com chances para os dois lados. O Dragão assustou primeiro com um chute de fora da área de Rafael Vila e uma cobrança de falta perigosa de Guilherme Castilho. Os gaúchos reagiram e quase marcaram com uma finalização de Héverton que Matheus Mancini tirou em cima da linha e em um chute de Bruno José em que Rafael Santos defendeu de peito. Jogador mais perigoso do Confiança, Ari Moura fez boa jogada na direita, mas finalizou para fora.

No final, o roteiro das partidas anteriores se repetiu. O time proletário teve um escanteio a seu favor e se lançou com quase todos os jogadores ao ataque, mas não conseguiu marcar o gol e foi penalizado após falhar na transição defensiva e deixar o Brasil chegar com superioridade numérica perto da área. Bruno José finalizou de fora da área, a bola ainda desviou em Thiago Ennes, mas acabou morrendo dentro da rede.

No segundo tempo o Confiança pressionou durante quase todos os 51 minutos, mas não conseguiu marcar. A primeira chance foi perdida por Renan Gorne, que estava impedido, mas na pequena área não conseguiu alcançar a bola cabeceada por Luan. Castilho finalizou no travessão e após cobrança de escanteio, Rafael Martins tirou em cima da linha a bola chutada por Ari Moura.

Daniel Paulista tentou mudar a partida e apostou em alterações no meio campo, com as entradas de Alyson e Tiago Luís, mas elas de nada adiantaram. Tiago entrou mal, errando passes e Alyson desperdiçou a principal chance do Dragão no jogo. Aos 37 minutos, o meia aproveitou o erro na saída de bola do Xavante e entrou no meio da área com liberdade para marcar o gol, mas finalizou rasteiro ao lado da trave mesmo com o goleiro caído. Porém, na sequência da jogada ele acabou sofrendo um pênalti não marcado pelo árbitro. O final de jogo foi nervoso e o Dragão não conseguiu ter a calma necessária para furar a retranca e empatar o jogo. Aconteceram alguns bate bocas entre os times e Ari Moura acabou sendo expulso.

O próximo jogo é o mais importante para o Confiança na Série B até aqui. Na segunda-feira, o time proletário vai receber o Náutico, que é o primeiro time na zona de rebaixamento com 35 pontos. Uma derrota pode deixar o Dragão a um ponto do Z4 e uma vitória pode acabar de vez com as chances de queda. Demitir Daniel Paulista não é a solução, ele não é o problema, mas sim o elenco. O Confiança esbarra nas próprias limitações, erra em lances capitais como o lance do gol e o da finalização errada de Alyson e por isso não consegue mais pontuar. DP é o profissional mais capacitado para reverter essa situação, pois já mostrou que é possível conseguir resultados melhores. A nós torcedores, nos resta cobrar melhorias e acreditar até o final que o Dragão mais uma vez vai conseguir sair de uma situação adversa.   

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade