HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Tudo embolado na Série C.

Card image

Créditos: FOTO VILA NOVA FC

O empate sem gols ontem 26/12 entre Vila Nova FC e Brusque no Estádio Augusto Bauer, valendo pela terceira rodada da segunda e decisiva fase da Série C deixou o grupo do Tigrão bem embolado e mostra que as equipes que chegaram até aqui estão bem niveladas. Com o empate, o VNFC agora é o segundo colocado do seu grupo com 4 pontos. O Vila Nova saiu de Goiânia para dois jogos duros fora de casa e conquistou 4 dos 6 pontos disputados. Tem dois jogos em casa na sequência, Brusque e Santa Cruz, e se jogar com seriedade e determinação, tem grande chance de acesso. Além do último jogo contra o Ituano fora. O Grupo A está assim : os três primeiros colocados estão com o mesmo número de pontos e apenas no critério de desempate que se define as colocações na tabela.

Sábado 02 de janeiro de 2021, às 17 horas, no Estádio Onézio Brasileiro Alvarenga, o VNFC recebe o Brusque e precisa vencer para continuar na briga pelo acesso. O Professor Mauro Fernandes, após o empate, frisou que a equipe do Vila Nova precisa ser mais efetiva e letal para que se consiga os resultados positivos que estamos precisando e a classificação. O VNFC não foi tão bem no primeiro tempo mas no intervalo do jogo, se acertou e teve várias chances de gol, porém não concluiu nenhuma e ficou no 0 X 0.

Outro fato interessante registrado nesta partida em Santa Catarina, foi que a responsável pelo controle de acesso da CBF/FCF, a Sra. Sheila Patrony, identificou segundo ela, algumas pessoas com vestimentas do Vila Nova FC que estariam se comportando de maneira hostil, xingando a arbitragem, mostrando desrespeito, torcendo e não exercendo sua função. Ela apontou o Sr. Vinicius Clementino Cirqueira, Sr. Romário Barboza Policarpo e o Sr. Hugo Jorge Bravo. O árbitro da partida José Mendonça da Silva Júnior (PR) fez o registro na súmula da partida, O Presidente Hugo Jorge Bravo publicou sua versão sobre o ocorrido em suas redes sociais:

“Foi relatado pelo árbitro, que fez por sinal uma ótima arbitragem, mas que mentiu na súmula dizendo que eu o xinguei. Tanto que não escreveu o que eu teria dito”.

“Fiz apenas o questionamento respeitoso quanto a não aplicação de um cartão durante o jogo e farei quantas vezes for necessário, porque para nós há muita coisa em jogo… sonhos, reputações e projetos”, destacou o presidente colorado. Ele entende que os árbitros carregam uma grande responsabilidade e que vez ou outra arrebentam com trabalhos de um ano inteiro e que cada vez mais, se sentem intocáveis. “Já estão apitando no conforto de estádios sem públicos e agora vêm com essa de não serem questionados de forma respeitosa? Futebol não é tênis, muito menos ginástica artística … Venham conhecer a vida de quem está do outro lado para sentir um pouco da cobrança da torcida, da imprensa e ter que cumprir com as obrigações do clube. O futebol brasileiro está se perdendo nesse excesso de mimimi”. Metralhou o Presidente Colorado.

FOTO VILA NOVA FC

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade