HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Palmeiras faz péssima partida, mas vence o Bragantino

Card image

Créditos: Gol saiu e os três pontos vieram, mas atuação deixou a torcida com o pé atrás (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Na sua pior partida desde a demissão de Vanderlei Luxemburgo, o Palmeiras venceu o Red Bull Bragantino por 1 a 0 neste domingo, no Allianz Parque, chegando a 44 pontos no Brasileirão e mantendo-se entre os primeiros colocados. Mas a atuação do time deixou muito a desejar: tirando um momento na metade do primeiro tempo, em que conseguiu se impor e chegou ao gol com Luiz Adriano, o Verdão foi muito mal, chegando a ser dominado pelo time do interior em alguns momentos.

Provavelmente pensando em revezar jogador por causa da questão física, o técnico Abel Ferreira escalou o time com várias mudanças em relação ao que começou o jogo de quarta-feira contra o América-MG, pela Copa do Brasil. E desde o começo o Bragantino foi mais ativo, retendo por mais tempo a posse de bola. O Palmeiras só conseguiu equilibrar a partida ali pelos 20 minutos, quando começou a criar e chegou ao gol num cruzamento de Gabriel Menino que Luiz Adriano cabeceou.

Breno Lopes ainda acertou a trave alguns minutos depois, e o Palmeiras parecia que ia voltar para o segundo tempo pronto para matar o jogo, mas nada deu certo. O time não conseguiu encaixar os contra-ataques, as mudanças feitas por Ferreira não funcionaram e o Verdão foi cada vez mais jogado contra a parede. O Bragantino só não empatou e virou a partida por causa de boas defesas de Weverton e da completa incompetência de seus atacantes.

Os três pontos são sempre positivos, claro, mas a segunda atuação ruim em seguida, com distintas escalações, e a dificuldade do treinador de alterar o panorama com jogo com as substituições deixam o torcedor com a pulga atrás da orelha para o jogo de quarta-feira contra o América, em Minas, que vale uma vaga na final da Copa do Brasil.

Para piorar, Gabriel Veron saiu contundido e pode não condições de jogo. E atletas que tinham crescido em desempenho com Abel Ferreira, como Lucas Lima e Raphael Veiga, caíram muito de produção técnica – não dá para descartar, inclusive, que ainda estejam sofrendo de questões físicas referentes à covid-19, assim como os outros jogadores que foram contaminados. Fisicamente como um todo, o time também parece estar muito mal. O fim da temporada promete muitas emoções para o palmeirense. Não que seja novidade para a gente, mas é bom preparar os nervos.

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade