HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Jogadores do Velez são acusados de abuso sexual

Card image

Créditos:

A causa penal que investiga a festa clandestina onde estiveram os jogadores do Vélez, Juan Martín Lucero, Ricardo Centurión, Thiago Almada e Miguel Brizuela, segue colhendo depoimentos sobre o suposto abuso sexual contra a jovem Micaela. A testemunha protegida C expandiu sua declaração escrita e culpou mais seriamente os jogadores do Vélez.

O incidente ocorreu em 3 de dezembro , quando foi feita a denúncia de uma festa clandestina na casa de Juan Martín Lucero. Os jogadores do Velez participaram dessa celebração. A única pessoa acusada de abuso até agora, Juan José Acuña, estava presente. Várias mulheres estavam no local, incluindo a vítima, Micaela, havia também uma menina chamada Noelía, outra chamada C, cujo nome não transcendia porque sua identidade estava preservada. 

Agora, C. faz uma extensão da sua declaração, na qual acusa diretamente os jogadores do Velez e acusa Thiago Almada e Miguel Brizuela de terem participado no alegado abuso sexual contra Micaela.

Depoimento de C a Polícia Argentina

Ela lembra que Centurión e Noelía tiveram relações íntimas na festa, que ela até se gravou fazendo sexo com ele e que mais tarde o jogador passou a ter relações íntimas com outra garota na mesma festa, também comentou que Centu pediu as três que apagassem os vídeos em que ele aparecia , algo com o que elas concordaram. 

No novo comunicado, ao qual Atrás do Gol teve acesso, C. também acusa Ricardo Centurión de ter lhe oferecido ” flores ” (maconha) e de estar bêbado e sob o efeito de drogas. Além disso, ela afirma que o jogador teria mencionado que eles vinham “da Colômbia” O Vélez havia enfrentado o Deportivo Cali, pela Copa Sul-americana e que no dia seguinte iriam viajar para a Província de Paraná.”  Recorde-se que uma vez conhecido o facto, o Vélez decidiu que nenhum dos 4 jogadores viajaria para defrontar o Patronato.

A reclamação mais pesada recai sobre Thiago Almada e Miguel Brizuela. Ela aponta os dois como participantes do abuso. De Almada diz que primeiro teve relações com Micaela e, mais tarde, observou como Micaela era abusada por vários, incluindo Brizuela.

Quanto a Juan Martín Lucero, o apontou como alguém que teria tentado chegar a um acordo para que não houvesse reclamação. A queixosa menciona que ouviu como o jogador do Vélez disse a sua amiga Noelía “para não ligar para ninguém”. 

No prolongamento da reclamação, as denúncias contra os jogadores do elenco de Mauricio Pellegrino são bem mais graves do que no primeiro depoimento. O “careca robusto” que seria Acuña, amigo de Lucero, que continua foragido da Justiça, também é mencionado novamente. 

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade