HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Relembre a última vitória do Sport contra o Goiás em Goiânia

Card image

Créditos: (Foto: Reprodução / UOL)

Às 19h deste sábado (26), o Sport tem um novo desafio na sua caminhada pela permanência na primeira divisão, quando encara o lanterna Goiás, fora de casa em duelo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. E já fazem doze anos da última vez que o Leão venceu esse adversário fora de casa, num ano que certamente está marcado no coração do torcedor rubro-negro.

No dia 27/07/2008, pouco mais de um mês depois de ter se sagrado campeão da Copa do Brasil e com mais da metade do Campeonato Brasileiro pela frente para disputar, o time de Nelsinho Baptista visitou os Alviverdes no Serra Dourada pela 15ª rodada da competição. A partida marcava o reencontro dos pernambucanos com Romerito, que havia defendido a camisa leonina em 2007 e no primeiro semestre de 2008, sendo peça fundamental na conquista da Copa do Brasil, mesmo tendo sido impedido de disputar as finais por motivos contratuais, uma vez que o atleta estava na Ilha do Retiro por empréstimo e o Goiás decidiu solicitar seu retorno antes dos jogos decisivos entre Sport e Corinthians.

O Leão ainda não havia vencido fora de casa naquele Brasileirão, e contava com três desfalques de peso no meio de campo: Daniel Paulista, Sandro Goiano e Fumagalli. Mas isso não intimidou os visitantes, que abriram o placar em cobrança de falta rasteira de Júnior Maranhão aos 30 minutos. O gol sofrido despertou os donos da casa, que chegaram ao empate apenas três minutos depois, com o lateral direito Vitor, que viria a jogar pelo clube recifense anos depois.

O Goiás então cresceu no jogo e passou a dar trabalho para Magrão. Iarley aos 43 e Vitor aos 44 exigiram boas defesas do goleiro rubro-negro, mas a grande defesa do camisa 1 aconteceu justamente em uma finalização à queima-roupa de Romerito. As tentativas não aproveitadas pelos mandantes custaram caro, e aos 30 minutos, após jogada ensaiada, Luizinho Netto cobrou falta na área e Durval se antecipou a Harlei para cabecear para o fundo das redes e garantir a vitória do Sport, que faria uma campanha tranquila naquele ano, encerrando a competição no 11º lugar.

Ver mais

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade