HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Vergonha, vexame e humilhação. Vitória é goleado pelo CSA.

Card image

Créditos:

O Vitória entrou em campo na noite dessa terça-feira (22), em partida valida pela trigésima primeira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, e saiu derrotado pelo placar de 3×0. O rubro-negro baiano foi dolorosamente atropelado pelo CSA, que não precisou se esforçar para sair vitorioso do embate. Pior para o Leão, que se manteve na 15° posição com 36 pontos. O próximo desafio é contra o Operário, domingo (03/01), às 18h15, no Barradão.

“Faltou a gente vir de Salvador. A gente ficou lá. Esse momento é delicado, espero que todos tenham ciência disso, é preciso entender que cada um tem responsabilidade, a gente sai daqui extremamente envergonhado”, disse Wallace, capitão rubro-negro

Todo jogo uma nova desculpa, a torcida rubro-negra está cansada dessa ladainha, toda essa falta de atenção e esse papo de ” estamos envergonhado” a cada nova derrota. O ECV já soma 12 derrotas na competição e apenas quatro pontos o separa do Z-4. A situação pode ficar pior caso Náutico, Figueirense e Paraná vençam na rodada. O campeonato caminha para a reta final, faltam sete jogos para o fim da temporada, o sonho do acesso que era obrigação, foi adiado. A permanência é dúvida, a série C é quase realidade.

O JOGO

Cheio de mudanças, o Vitória começou jogando na área do CSA. Logo nos primeiros minutos chegou duas vezes em lance de escanteio, mas foi os donos da casa que abriu o marcador. Aos 5 minutos, após cruzamento, Rafael Bilu aproveitou a falha da zaga rubro-negra e mandou a redonda para o fundo das redes.

Depois de sofrer o gol, o Leão apagou de vez. Mesmo com a posse de bola, não conseguiu agredir o adversário que sem muito esforço ampliou o marcador. Aos 42 minutos Pimpão chutou de longe e por pouco não balançou as redes. Aos 44, Rodolfo Filemon não deu bobeira. Nadson cobrou escanteio fechado, Yuri tirou de soco em cima de Rodrigo e entrou.

Na segunda etapa, o azulão brincava dentro de campo e chegou ao terceiro tento. Aos 14 minutos, Nadson aproveitou a saída errada do Vitória, limpou Maurício e mandou no canto esquerdo de Yuri. 3×0.

Apático, o time comandado por Mazola continuava sem agredir o adversário. Rafael Carioca e Mateusinho até que tentaram, mas faltou objetividade. Aos 22 minutos, o travessão livrou o Leão do quarto gol. Gabriel encontrou Paulo Sérgio livre na área, o atacante girou e chutou forte no travessão. O CSA achava espaço para chutar e assim seguia. Aos 25 minutos Yuri saiu no soco na batida de Pimpão, na sobra Yago bateu de prima raspando a trave.

Aos 29 minutos, o Vitória conseguiu chegar com perigo. Léo Ceará limpou Luciano Castán e chutou rasteiro para a boa defesa de Thiago Rodrigues. Aos 40 minutos, Rafael Carioca tentou de fora da área e acertou o travessão. O cronômetro já marcava 44 minutos, quando Thiago Lopes bateu bonito, mas sem sucesso.

Ver mais

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade