HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

A despedida de uma lenda: Adeus D’euslessandro!!!

Card image

Créditos: INTERNACIONAL OFICIAL/ RICARDO DUARTE

O Internacional entrou em campo, no Beira-Rio, buscando os 3 pontos contra um adversário direto pelo G-6, Palmeiras. Além disso, havia outro significado: o nossos grande ídolo, Andrés Nicolás D’Alessandro, faria a sua última partida pelo Inter. A gente sabe que tudo tem um fim, a gente sabia que este dia chegaria, mas não sabia quando isto ocorreria e também não sabíamos como reagir.

Quanto ao jogo digo que o primeiro tempo foi péssimo por parte das duas equipes: o único lance significativo foi o gol do colorado, que surgiu em um escanteio cobrado por Moisés em que Edenilson completou o rebote do cabeceio de Dourado que foi defendido por Weverton. Ademais, as duas equipes foram muito lentas e o jogo se resumiu a muita marcação no meio de campo e muitas divididas de bolas.

No segundo tempo, o jogo melhorou e o Palmeiras, que estava atrás do placar, partiu com bastante intensidade para cima do Inter e a defesa colorada teve dificuldades de conter o ímpeto palmeirense, que arrefeceu somente quando Edenilson, o melhor jogador do jogo, fez um grande lançamento para Yuri Alberto, que pegou a bola, partiu em direção ao gol e encobriu o goleiro palmeirense Weverton. Golaço!!Meu único destaque negativo vai para Abel Braga, pois ele colocou o principal personagem da partida, D’Alessandro, somente aos 40 do segundo tempo. PO ABEL, TINHA QUE TER COLOCADO EL CABEZÓN ANTES!!!

Eu disse no primeiro parágrafo que a gente sabia que a história de D’ale com o Inter em campo teria um fim, mas que quando esse fim chegasse nós colorados não saberiamos como reagir. Da minha parte, digo que chorei muito, pois D’ale para mim foi o melhor jogador que eu já vi e não vê-lo em campo com toda a sua raça, toda a sua técnica, toda a sua genialiade, com toda a sua liderança e com toda a sua vontade de ganhar é muito difícil, é muito triste. 12 ANOS NÃO SÃO 12 DIAS!!! D’ale, tudo o que eu disser em algumas linhas sobre ti será pouco, pois tu para torcida colorada é um ídolo muito grande, tu honrou como poucos o manto, tu é demais. A maior prova de amor de D’ale se deu há exatos 4 anos atrás: no exato dia 20 de dezembro de 2016, um dia de muito sol, eu fui com alguns amigos colorados buscar o cara que tinha deixado um time como o River, com conquistas recentes e muita estrutura, para voltar ao Inter, para voltar pro clube que amava mesmo com o nosso rebaixamento na época. D’EUSLESSANDRO MUITO OBRIGADO!!! TORCIDA COLORADA TE AMA DEMAIS!!!!!

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade