HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Palmeiras é derrotado pelo Inter no Beira Rio

Card image

Créditos:

            Em meio a uma desgastante maratona de jogos, o Palmeiras de Abel Ferreira foi quase com força total enfrentar o Internacional em Porto Alegre. O português poupou apenas Rony, Zé Rafael e Gabriel Veron do considerado time titular.

            Abel optou por escalar o Palmeiras com uma linha de três armadores no ataque, visando manter a posse de bola no momento ofensivo. O verdão começou em cima, jogando com as linhas adiantadas e buscando negar os espaços ao Inter, que, marcando em bloco baixo, esperava um erro para contra atacar.

            No entanto, logo no primeiro ataque colorado o time da casa conseguiu abrir o placar. Em cobrança de escanteio pela direita, Dourado ganhou pelo alto e cabeceou firme para bela defesa de Weverton. No rebote, Edenílson livre empurrou para o gol vazio. O gol se originou de uma tomada de decisão equivocada de Marcos Rocha que, pressionado na entrada da área, tentou chapelar o meia Caio e, bloqueado, precisou ceder o escanteio.

Marcos Rocha novamente teve jornada pouco inspirada – Foto: divulgação

            Com o gol, o jogo ficou ainda mais amarrado, sem chances claras para nenhum dos lados. Satisfeito com a vantagem, o Inter se manteve recuado em busca do contra ataque. O Palmeiras tinha a bola, mas faltava intensidade, criatividade e velocidade para conseguia incomodar a defesa colorada.

            Com apenas uma finalização do Palmeiras (pra fora), o primeiro tempo foi encerrado. Sem intensidade na marcação e pouco criativo ofensivamente, foi o pior tempo do Verdão desde que Abel Ferreira assumiu. No intervalo, o português optou por colocar Breno Lopes no lugar de Veiga, buscando dar mais velocidade ao time.

            A mudança deu resultado, e o Palmeiras voltou mais ligado para a segunda etapa. Com menos de 30 segundos, o Verdão levou mais perigo do que em todo o primeiro tempo. Gabriel Menino ficou com sobra de uma bola levantada pela direita e emendou forte para o gol, mas foi bloqueado por Cuesta.

            Na segunda etapa, foi possível ver um Palmeiras muito mais intenso, vertical e agressivo. Com velocidade pelos lados com as entradas de Breno Lopes e Veron, o Verdão conseguiu incomodar mais a defesa colorada. No entanto, o time alviverde parecia cansado na hora de pressionar, e dava muito espaço para o Internacional nos contra ataques.

            Aos 22 o Palmeiras quase chegou ao empate. Breno Lopes dominou com liberdade pelo meio de campo e encontrou Mayke na ponta direita. O lateral cruzou forte e Cuesta tirou para trás, acertando a própria trave. O Verdão crescia na partida e sufocava o Inter, que tinha dificuldades para se defender.

            Em uma blitz ofensiva, o Palmeiras perdeu novamente uma grande oportunidade. Após sequência de erros da zaga colorada, a bola sobrou pingando para Lucas Lima na entrada da pequena área, mas o meia pegou muito embaixo da bola e acabou isolando.

Participativo, Lucas Lima teve boa atuação, mas acabou perdendo a principal chance de gol alviverde – foto: divulgação

            No entanto, quem não faz, toma. Aos 37, após intensa pressão, o Palmeiras ofereceu o tão sonhado contra ataque ao colorado. Edenílson ficou com a bola após cobrança de escanteio e viu Yuri Alberto disparando livre nas costas de Luan. Com belo passe em profundidade, o meia colorado encontrou o jovem atacante, que deixou Luan para trás e tocou com categoria por cima de Weverton para matar o jogo.

            O Palmeiras até tentou após o segundo gol, mas não conseguiu levar muito perigo ao gol colorado. Apesar da notável melhora na segunda etapa, o Verdão pagou por um primeiro tempo muito abaixo do esperado. Abel decidiu colocar três meias armadores juntos, mas a ideia não deu certo. Com pouca velocidade e amplitude pelos lados, o Palmeiras foi presa fácil para o colorado.

            Com a derrota, o Palmeiras cai para sexto lugar e segue a 12 pontos do líder São Paulo, e vê o sonho do título brasileiro ficar mais distante. O Verdão agora volta suas atenções para a Copa do Brasil. Na quarta-feira, recebe o América-MG no Allianz Parque pelo jogo de ida das semifinais.

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade