HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Campeão em 95, Gottardo acredita na permanência do Botafogo na série A

Card image

Créditos: entrevista

No dia em que o título brasileiro de 95 completou 25 anos, o xerife Wilson Gottardo falou sobre o time atual.

Num dia tão especial para os botafoguenses, especialmente para mim, que vivi intensamente aquele ano mágico de 95, foi uma honra receber o ex-zagueiro e capitão da equipe Wilson Gottardo numa live no meu canal, Botafogo Nela. Ele relembrou momentos marcantes daquela conquista e também falou do momento complicado do alvinegro.

Conhecido como xerife, Gottardo era o líder natural do elenco.

“Eu nunca me preocupei em comandar nada, eu procurava fazer o que eu entendia que era correto. Minha intenção sempre foi fazer o ideal pro time, pra equipe de modo geral. Às vezes fui um pouco caxias, mas é preciso ser. Prefiro cometer alguns excessos, mas colocar a cara à tapa”.

No primeiro jogo da final contra o Santos, Gottardo marcou um dos gols da vitória por 2 a 1.

“Eu já tinha feito algumas assistências no campeonato, mas eu queria fazer um gol pelo menos. Isso estava me incomodando. Aí chegou na final. Quando a bola viajou, eu já sabia da batida do Goiano, que sempre treinava com o pé aberto, aí eu esperei atrás e ataquei. Foi uma realização bem pessoal, mas que trouxe benefício pra todos”.

O zagueiro exaltou a superação de Donizete, que jogou a segunda partida lesionado.

“Não sei se eu conseguiria suportar o que ele suportou. Qualquer médico teria tirado ele do jogo nos dias de hoje, mas ele quis jogar e foi fundamental para a conquista”.

Mesmo depois de tanto tempo, Gottardo não esquece a emoção que sentiu ao retornar para o Rio de Janeiro naquela noite do dia 17 de dezembro de 1995.

“Nunca imaginei passar por aquilo, nunca vi nada igual, parecia que a torcida tinha vindo de São Paulo na asa do avião. Ninguém se feriu, isso que é inacreditável”.

Ele contou que acompanha todos os jogos do Botafogo e elogiou a dupla de zaga, formada por Marcelo Benevenuto e Kanu.

” O zagueiro é o coração da equipe. Quem bombeia o sangue para todas as extremidades do time é a dupla de zaga. Se hoje eu estivesse no Botafogo ia pegar aquela dupla de zaga e trabalhar não só a parte física como a mental. Eles têm potencial, têm velocidade, precisam de uma orientação. No início do ano o Benevenuto estava cotado, ele não perdeu a qualidade.”

O eterno capitão sugeriu que o clube convidasse ídolos alvinegros para conversar com os jogadores.

“Minha sugestão é pegar ex-atletas com história no clube e bater um papo, dividido por setor. Pega o Wagner pra conversar com os goleiros, o Gonçalves ou o Mauro pra conversar com a zaga, o Sérgio Manuel pro pessoal do meio-campo, o Túlio e o Pantera pra conversar com o pessoal do ataque. Por que não? Tô falando de um trabalho profissional, não pra resenha. Sempre respeitando a posição do treinador”.

Sobre o futuro, Gottardo falou que já tem uma proposta de voltar ao futebol no ano que vem.

“Tenho proposta para dirigir um clube S.A., que é o Palmas do Tocantins. Estou no processo de montagem da equipe, escolhendo atletas, é um outro nicho do mercado, e estou tentando junto com o presidente, que é quem decide quem entra e quem sai. É uma experiência em S.A. Quem sabe, né?”

Sobre a permanência do Botafogo na série A do Brasileirão 2021, ele disse o seguinte:

“Eu acredito que o Botafogo possa continuar na série A, porque o elenco está inteiro, pode haver uma evolução na parte física, técnica e tática também, com as ideias do Barroca. Tem que pontuar. Não tá tão distante assim. Mas o que eu não posso conceber é que faltando três ou quatro rodadas achar que consegue sair, aí é muito difícil. Essa acomodação e essa insegurança têm que deixar de existir. Mas vale lembrar que o Botafogo foi prejudicado em vários lances pela arbitragem”.

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade