HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Uma geração de Meninas de Aço

Card image

Créditos: Felipe Oliveira / EC Bahia

Há um tempo, num dia qualquer, uma garotinha corria ansiosa pela rua. Era dia de jogar bola, bater o baba. A atividade preferida. Depois de muito decidirem, os meninos aceitaram que as meninas fizessem parte do time, mesmo que a aceitação tenha vindo por não ter meninos suficientes. Besteira! Nada faria aquela garotinha desistir. No coração? O sonho de um dia brilhar com a camisa do Esquadrão e chegar à Seleção, onde conquistaria uma Copa do Mundo. Sim, ela sonhava alto e tinha um filme na cabeça. Entretanto, o sonho não aconteceu.

Felipe Oliveira / EC Bahia

Não faltaram garotinhas pelo caminho. Ainda hoje é bastante difícil que uma garota consiga realizar o sonho de se tornar jogadora. Quando chega lá, as dificuldades se acumulam, vem os descasos, a desvalorização, a falta de investimento e apoio, as incertezas. São resilientes, mas não era para ser assim.

As Meninas de Aço têm várias garotinhas em estágios diferentes do sonho. Algumas já conquistaram e brigam por mais, outras ainda estão começando a carreira. O que elas tem em comum é continuarem pavimentando o caminho para que outras encontrem um cenário melhor do que o que elas tiveram. Elas nunca jogam somente por elas. Já falei um pouco do tanto que elas levam a campo.

O tão sonhado acesso para a série A1 veio digno de um filme de superação com todos os elementos para tornar a história dramática, apaixonante, vencedora, inspiradora. Teve a parceria, o recomeço, o título estadual, a pandemia, muitos triunfos, gols, lesões, afastamentos. O jogo final veio com enredo clichê de Sessão da Tarde: lesão da artilheira, jogo decisivo em casa sem a torcida, adversárias qualificadas, jogo tenso e pegado, e o gol da zagueira torcedora. Naquele jeitinho que só o Bahia sabe nos fazer sentir. Não tem como fugir se ficou marcado em nossa história: Nasceu para vencer. Era o final perfeito do filme dos sonhos.

Se no texto anterior eu agradeci e considerei as Meninas de Aço nosso maior prêmio, para o clube fica um legado ainda maior. Às vezes nem elas se dão conta do tanto que representam, o que torna tudo ainda mais simbólico. Batemos o recorde de audiência da transmissão, o time subiu, mas milhares de garotinhas se viram representadas na conquista desse acesso. Elas se viram vibrando, torcendo, sofrendo. Talvez não sejam jogadoras, mas elas sabem que poderão ser, se quiserem. De toda forma, estamos forjando a próxima geração de mulheres apaixonadas por futebol. O futebol também é nosso. Precisávamos disso.

E não se engane que isso é sobre mulheres para mulheres. O futebol feminino, aqui representado pelas Meninas de Aço, é feito por mulheres, mas para todos. Uma vez que você se permite conhecer, sem o olhar comparativo, entendendo que ser diferente, não significa ser ruim ou inferior, uma possibilidade se abre. E tenha certeza, elas são encantadoras, apaixonadas, dedicadas e muito talentosas, você vai se envolver. Mas, principalmente, é também uma mudança de paradigma. Estaremos ensinando pelo exemplo as gerações seguintes a respeitar, admirar e valorizar os feitos de mulheres.  

Ainda há um longo caminho e nossa história vai sendo construída, mas posso dizer por mim que aquela garotinha resgatou a pureza do sonho de criança. E chorou. Chorou por se ver tão bem representada, pela emoção do acesso, por tudo que significará para as atletas, mas principalmente, pelas Clarinhas, Gabis, Isas e Marinas, bem como os Felipes, Pedros, Arturzinhos e Joãozinhos. Pela esperança renovada. Valeu cada segundo. “Somos a turma tricolor”

Felipe Oliveira / EC Bahia

#JogueComoUmaGarota #BBMP   

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade