HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Cruzeiro vence Vitória e mira G4

Card image

Créditos: cruzeiro

Na última sexta-feira o Cruzeiro venceu o Vitória por 1 a 0, no Estádio Barradão, com gol do zagueiro Ramon aos 44 minutos da etapa inicial. A equipe comandada por Luiz Felipe Scolari fez mais um jogo pragmático, em que no primeiro tempo teve apenas uma finalização para o gol adversário. Mais uma vez, com três volantes que pouco auxiliam na manutenção da posse de bola e na criação de jogadas ofensivas, o time se preocupou em primeiro não levar gol e apostou nas jogadas de bola parada e em contra-ataques. Ao meu ver, esse jogo ainda está abaixo da expectativa de boa parcela da torcida do Cruzeiro, visto que se espera que um time grande que está na Série B, domine os seus adversários e vença partidas com autonomia e apresentado um jogo vistoso. No entanto, não devemos esperar isso de um treinador assumidamente defensivo como o Felipão.

Ao menos, a equipe vem pontuando bem desde a chegada do treinador e caso o campeonato fosse contabilizado, a partir da Era Felipão, o Cruzeiro estaria na liderança do Brasileiro da Série B. Dessa forma, podemos questionar o estilo de jogo que a equipe vem apresentando, a escalação demasiada excessiva de volantes e o pouco domínio das ações ofensivas dentro das partidas. Contudo, já estamos a 6 pontos do G4, fato que permite com que o torcedor cruzeirense passe a sonhar de maneira mais realista com um possível acesso para a Série A.

Para que isso se concretize no final do campeonato, a equipe azul celeste precisa de consecutivas vitórias, tanto dentro como fora de casa. Confrontos diretos estão por vir e precisamos pontuar quase que 100% nessas partidas, o que possibilitará a formação de uma campanha mais estável e, por consequência, a luta por uma das vagas no G4.

Além disso, a torcida precisa entender que para que o Cruzeiro consiga as sonhadas vitórias, o clube precisa se reestruturar fora das quatro linhas. Atualmente, os jogadores já estão com dois meses de salários atrasados, algo que pode interferir de maneira negativa no desempenho dos atletas nas últimas dez rodadas do campeonato. Infelizmente, o Cruzeiro possui dívidas com jogadores que nem estão mais no clube e dificuldades financeiras extensivas, isso devido às últimas administrações irresponsáveis que passaram pelo clube. Esse cenário piorou, quando jogadores que haviam sido emprestados, com a finalidade de enxugar a folha salarial da equipe, foram devolvidos para o clube, como os atletas Sassá e Marquinhos Gabriel.

Em síntese, torcida, comissão técnica, jogadores e diretoria precisam se unir ainda mais nessas últimas dez rodadas do Campeonato Brasileiro da Série B, com o objetivo de concretizar algo que já estava descartado por muitas pessoas. Assim, o acesso é fundamental para a questão histórica do Cruzeiro, para a autoestima da torcida e para a resolução de problemas financeiros do clube. Visto que, os clubes que jogam a elite do futebol brasileiro possuem mais renda em suas receitas, fato que permitirá que compromissos que foram adiados para os anos subsequentes, contando com o acesso do clube para o Brasileirão da Série A, possam ser honrados pela diretoria celeste. 

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade