HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Torcida faz a diferença na vitória do Goiás

Card image

Créditos: Crédito foto: Daniel Calabresa

Na última segunda feira 7/12, aconteceu o clássico Goiano da primeira divisão do Campeonato Brasileiro, entre Atlético Go x Goiás. Para explicar o que aconteceu temos que compartilhar com vocês o que aconteceu antes do jogo, pois bem.

O Goiás Esporte Clube, time virtualmente rebaixado, lanterna do campeonato, dono dos piores números em quase todos os quesitos entre todos os clubes da série A, enfrentaria no Estádio Antonio Aciolly, casa que estaria sendo reinaugurada, do franco favorito Dragão Atleticano.
O Esmeraldino contava a seu favor, apenas com o grande peso de sua camisa no cenário local. No futebol, e quase somente no futebol, a mística do peso da camisa ainda se torna um diferencial poderoso, tanto para desestabilizar um jogador novato ou veterano, quanto para transformar algum jogador medilcre em gigante em questão de segundos, ainda mais quando se trata de clássico.

Parece ter sido esse o caso, pois na saída do ônibus na Serrinha, casa do Esmeraldino, o time recebeu um último reforço importante. Pouco menos de 100 torcedores compareceram e ao contrário do que todos poderiam esperar, pela situação de abandono do clube -dentro e fora de campo, com um dos piores elencos já montados e a crise de gestão esportiva e financeira da diretoria- eles foram, cantaram, vibraram e incentivaram com sinalizadores e fumaças seu clube numa festa inesperada. Mas como medir a intensidade do resultado dessa ação da torcida? Bem, com um time limitadíssimo, na raça e na força de vontade, contrariando todos os prognósticos o Goiás venceu o jogo por 1×0 gol de Rafael Moura o He Man, e poderia ter ganho de 2, não fosse uma intervenção duvidosa do VAR na marcação de um impedimento que anulou um gol de Fernandão.

Já no pós jogo, todos os entrevistados enalteceram a importância da intervenção da torcida , de forma que os entrevistados colocaram a torcida como protagonista da grande vitória. Fábio Sanches zagueiro, o técnico Glauber Ramos e principalmente o goleiro Tadeu, destaque da equipe, evidenciaram e agradeceram a presença da torcida, e como eles fizeram diferença, na auto estima e principalmente no psicológico dos jogadores.

Os 3 pontos improváveis vieram e trouxeram uma derradeira chama de esperança aos Esmeraldinos, e automaticamente vem a tona uma pergunta que parece já ter resposta pronta: O movimento espontâneo dos torcedores terá continuidade, já que o Goiás joga no próximo sábado 12/12 contra o Grêmio? A resposta que vem sendo dada pelos organizadores é que por ser um movimento espontâneo, acontecerá apenas se todos tiverem a mesma idéia, de ir no mesmo local e no mesmo horário novamente, já que não se pode organizar aglomerações pelo momento de pandemia. Mas o que já se percebe nas redes sociais de movimentos de torcida, já é uma ação não só em repetir a ação, mas até ampliar em número de torcedores.

Conseguirá essa torcida tirar seu clube do abismo da série b do Campeonato Brasileiro? Só o tempo dirá, o que está claro para todos é que cada jogo é uma final.

Crédito foto: Daniel Calabresa

Ver mais

Sobre o autor

Ver mais

Comentários

  1. Geovani pereira disse:

    Enquanto tiver 1% de chance torcida vai tá junto , o verdadeiro torcedor sobe com com e clube e cai com clube !
    Diretoria passa , jogadores passa clube fica junto ao torcedor !

  2. Vinicius disse:

    Massa amigo gordo

  3. Vinicius disse:

    Massa amigo gordo !!! Kkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade