HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Paraná 0 x 2 Figueirense: Na beira do caos

Card image

Créditos: Reprodução/Paraná Clube

“Tava na beira do mau, tava na beira do caos. Numa piração total”. Já diria Ney Franco, em sua canção. Pois bem, senhoras e senhores, ela resume o sentimento de qualquer paranista.

Como explicar mais uma derrota? Aliás, a palavra derrota já virou sinônimo de Paraná Clube. Eu, honestamente, estou esgotado mentalmente e sem vontade nenhuma de continuar acompanhando esse time. Tenho feito isso meramente pela questão profissional. E só.

Na minha opinião, e dói falar ela, o Paraná Clube já está rebaixado para a Série C. É uma questão apenas de sacramentar em qual rodada será confirmada a queda.

A partida contra o Figueirense era uma final de campeonato. Duas equipes tradicionais e acostumadas a jogar na Série A, mas que por incompetência de seus últimos gestores, vem travando uma triste briga contra a queda para a Série C.

O Paraná Clube teve a estreia de Gilmar Dal Pozzo. Também teve a estreia do goleiro Renan, ex-internacional. Também estreou o Andrew, atacante que veio do Criciúma. Nenhum deles, porém, foi suficiente para fazer o Paraná Clube conseguir sair do limbo.

Novamente, mais uma péssima partida. O Paraná Clube foi dominado, em plena Vila Capanema, por um adversário direto. Outra postura passiva. Não esboçou reação, mesmo com a estreia de Dal Pozzo. Volto a perguntar, a culpa da má fase era só do Rogério Micale ou do Allan Aal?

O que vejo são jogadores sem brio, sem determinação… para não dizer outra coisa, que possa me trazer problemas depois… O que me intriga mais é saber que já vi elencos piores que esse.

O time de 2020, apesar da mediocridade, não era para estar brigando para cair. Esses jogadores já haviam mostrado virtudes antes. O Paraná Clube já teve uma organização tática. Mas, isso tudo se perdeu. Para mim, é nítido que existem problemas internos acontecendo. Só não sei quais são.

A diretoria omissa, encabeçada pelo Seu Leonardo de Oliveira e sua trupe de fantoches, incluindo a torcida organizada, não aparece para dar uma mínima satisfação a torcida. Estão todos de braços cruzados, assistindo esse clube naufragar rumo a Série C.

Esse time está fadado ao fracasso. Uma vitória nos últimos 17 jogos. Sete derrotas seguidas. Por milagre, ainda nao entrou na Zona de rebaixamento. Mas, parece ser questão de tempo.

A distância agora, para o próprio Figueirense, é de apenas um ponto. Não consigo mais ver uma luz no fim do túnel. Eu sinceramente já estou conformado com a queda para a terceira divisão.

Faltam 11 partidas. Seriam necessários mais uns 11/12 pontos para escapar, pois acho que 42 pontos livra de qualquer ameaça nesse ano, devido ao baixo nível técnico das demais equipes. Mas, eu não consigo ver esse clube fazendo o necessário para escapar da queda. O Paraná Clube é hoje, o time mais esfacelado da Série B. É surreal.

Dói escrever isso aqui, assim como tem sido doído acompanhar esse time na Rádio que eu trabalho. Daqui a nove dias, o Paraná Clube completa 31 anos. E, infelizmente, as pessoas que estão no comando, estão prestes a escrever o capítulo mais triste destes 31 anos de história. Ainda dá tempo. Para bem, ou para mau. Reaja, Paraná Clube! Pelo amor de Deus!!!

Ver mais

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade