HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Leco afirma que deixa o São Paulo melhor

Card image

Créditos: IG Esportes

Em entrevista ao PVC para o site do GE, Leco fez um balanço da sua gestão e comentou assuntos muito interessantes a que todo são-paulino se informe e entenda um pouco dos motivos e consequências que trouxeram a gestão do mandatário o rótulo de uma das piores da história. Vou trazer aqui algum dos principais e minha opinião.

Balanço da gestão

Um dos primeiros pontos tocados foi o balanço da gestão e Leco afirmou que deixa o São Paulo melhor do que pegou. Ele citou o fato do time não ter crédito e patrocinadores e viver o momento mais delicado da história e teve que juntar os cacos.

Minha opinião: eu entendo que a explicação dele foi razoável. A torcida do São Paulo canalizou suas críticas a gestão do Leco, porém esqueceu que o 2º mandato do JJ, que praticamente foi de Adalberto Batista e o mandato de Aidar foram tenebrosos! Aidar além de sufocar financeiramente o São Paulo com negociatas de comissão para a empresa da sua namorada, ainda sapateou na cara dos torcedores dizendo que gostava da camisa do São Paulo limpa sem patrocinadores. Foi flagrado saqueando o clube e renunciou para não ser preso. O clube foi ferido financeiro, administrativo e moralmente após sua gestão e era claro que qualquer um que assumisse teria uma dura missão para colocá-lo novamente nos eixos.

Dívida alta hoje

PVC perguntou ao mandatário, porque a dívida de 200 milhões e 500 milhões em obrigações hoje. Leco justificou que após a organização financeira que do São Paulo alcançou depois de alguns apertos e vendas, precisou investir novamente na equipe de futebol para que o time crescesse na busca por títulos. Reforçou que mesmo com a utilização de vários jovens, o investimento em Daniel Alves, Tiago Volpi, Juanfran, Tchê Tchê e outros foi extremamente necessário. Porém, como a todos os clubes do mundo, a pandemia afetou agressivamente o caixa do clube a ponto de quebrar qualquer planejamento financeiro, por isso hoje o São Paulo se encontra com essa dívida. Mas afirmou também que todos os contratos foram prolongados e estão seguros para diminuir as dívidas nos próximos anos com um time competitivo para lutar por títulos.

Minha opinião: eu entendo que ele tentou se justificar. Todo presidente de clube no Brasil tende a fazer um último ano de gestão com muitos títulos para ficar bem falado na história e deixa um rombo para o seu sucessor. Roberto Dinamite falou sobre isso no Vasco e o Cruzeiro mostrou ao mundo o que acontece com a irresponsabilidade financeira de alguns cartolas. Leco não fez diferente. Depois de tapar o buraco da bandida gestão de Aidar, quis deixar um legado e gastou mais do que pôde de certa forma até irresponsável trazendo Daniel Alves, Hernanes, Pato, Tchê Tchê e Juanfran. Somada a pandemia o resultado foi esse!

Seca de títulos

Leco disse que não há uma resposta certa pra este tema. Mas uma palavra que ele disse reflete parte do sentimento da torcida são-paulina: SOBERBA! O ciclo multicampeão que terminou com o Tri-Brasileiro seguido trouxe ao clube algumas consequências negativas. Citou Juvenal Juvêncio e a manobra estatutária que fez para ficar mais 3 anos na presidência, a indicação de Carlos Miguel Aidar, a perda do foco no futebol e foco em denúncias e trocas de acusações, etc.

Embora tenha dito que recuperou um clube em frangalhos, Leco admite erros! Não citou nome, mas evidenciou que antes de Raí, teve nomes na direção de futebol que não deram certo e entende que errou (fazendo clara menção a Vinicius Pinotti).

Minha opinião: Eu considero essa explicação compreensível. Eu também entendo que a “soberba” foi um dos principais problemas do São Paulo na última década. Quando Muricy foi demitido em 2009, todos esperávamos um grande nome para comandar o São Paulo e Ricardo Gomes (nome totalmente desconhecido no cenário brasileiro) mostrou que os cardeais são-paulinos tinham uma visão deturpada sobre a importância do técnico no sucesso conquistado pelo clube até então. Daí para frente foram erros atrás de erros e muitas vezes erros repetidos como as tentativas de Sérgio Baresi e mais recentemente André Jardine. Sem contar o comando administrativo que já vinha em declínio com JJ e piorou com Aidar.

Fernando Diniz, Júlio Casares e o futuro do São Paulo

Leco disse que Júlio Casares certamente será o presidente e tem certeza de que deixa um São Paulo melhor para sua gestão. Acredita em um bom trabalho e diz que não torceu e nem apoiou nenhum pois quer a instituição bem independente de quem assuma.

Disse que palavras não seriam capazes de expressar a admiração que tem por Fernando Diniz. Disse que ele tem o grupo na mão e isso sustentou nos momentos de crise, tem plena certeza de que vão colher frutos por ter apostado neste trabalho.

Disse que o São Paulo precisa de um título para tirar o peso dos ombros da instituição e está certo que isso acontecerá em breve.

Um dos grandes erros admitidos por Leco na entrevista foi ter demitido Aguirre, achou que Jardine estava pronto pelo desgaste do elenco com o uruguaio e fez a aposta. Errou piamente! Hoje ele entende que manter o Diniz foi um acerto baseado no erro anterior.

Minha opinião: entendo que a análise foi coerente e o São Paulo vive sem dúvidas o melhor momento dos últimos 5 anos. Também acho que o Leco virou alvo da torcida mais pelo longo jejum de títulos do que propriamente por sua gestão. Acredito que errou principalmente em se esconder atrás de ídolos, e não ter um porta-voz que soubesse passar para o torcedor algumas realidades como por exemplo a necessidade de vender jogadores para tapar buracos financeiros, a reformulação de elenco que traria uma seca de títulos, etc. Mas sua gestão foi mais focada em juntar os cacos do que em elevar o time aos títulos. O São Paulo entrou em um ótimo caminho com possibilidade de ganhar um grande título no início de 2021. Casares está com o caminho muito bem aplanado para isso. Agora é com ele.

Vamos meu tricolor!

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Comentários

  1. Alê Kishimoto disse:

    Boa análise!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade