HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Confiança é goleado pelo CSA; Não é um resultado normal

Card image

Créditos: Augusto Oliveira

Confiança e CSA se enfrentaram no Batistão na noite desta terça-feira e o time alagoano conseguiu uma expressiva vitória por 5×1. Os gols foram marcados por Cedric, Andrigo, Paulo Sérgio, Rafael Bilu e Pedro Lucas para o CSA, e Nirley diminuiu o prejuízo para o Confiança.

O jogo começou com um erro de arbitragem. Castilho cobrou falta na área, Silva desviou e Léo Griggio chutou para o fundo das redes. Porém, o bandeira marcou impedimento de forma equivocada e o Dragão foi prejudicado. O time proletário ainda assustou nos primeiros minutos com chutes de longe de Silva e Rafael Vila, mas logo depois o Azulão do Mutange abriu o placar com um golaço de Cedric, em uma falha defensiva do Confiança.

Os alagoanos eram superiores em campo e ampliaram o placar aos 32 minutos, com mais um golaço, dessa vez de Andrigo. O Dragão ainda diminuiu no primeiro tempo com um gol de Nirley, em assistência de Castilho, mas o jogo foi para o intervalo com vitória dos visitantes.

Na volta para o segundo tempo, Daniel Cerqueira tentou mudar a cara do Confiança com as entradas de Serginho e Ari Moura. Mas de nada adiantou, já que Paulo Sérgio marcou o terceiro gol do CSA logo no primeiro minuto e praticamente definiu a partida. Foi mais uma falha do time proletário, poia Nirley marcou a bola, deixando o atacante com liberdade para finalizar e Jean ficou pregado embaixo do gol. Depois disso o jogo ficou morno, com o Azulão baixando as linhas de marcação e esperando o Dragão para atacar em contra ataques. O Confiança tentou diminuir, mas parou na trave duas vezes no mesmo lance, após um escanteio cobrado por Castilho.

Aos 34 minutos, a derrota se transformou em goleada com o quarto gol do CSA. Rafael Bilu recebeu a bola no mano a mano com Marcelinho dentro da área, o lateral do Confiança deu total liberdade para o atacante entrar na área e vencer Jean com facilidade. Uma tragédia para o time proletário, um vexame não visto a muito tempo, que ficou ainda pior. Pedro Lucas recebeu lançamento de Pimpão, e incrivelmente apareceu sozinho dentro da área para fazer o quinto gol.

Foi uma derrota difícil de entender, de assimilar. Não foi um resultado normal e a comissão técnica deve trabalhar para que essa atuação não se repita mais. O time precisa se recuperar o mais rápido possível e terá essa oportunidade no próximo sábado, diante do Juventude, às 19h no Batistão.

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade