HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Jogadores do Avaí provocam confusão em noite de Pandemia e toque de recolher em Florianópolis

Card image

Créditos:

Na madrugada desta segunda-feira, um grupo de jogadores do Avaí F.C. provocou uma grande confusão na saída de uma balada em Florianópolis.

Após circularem diversos vídeos com imagens de jogadores bebendo dentro de uma casa noturna nas proximidades do Beira-Mar Shopping, um grupo de torcedores foi até o local para cobrar postura dos atletas e foram recebidos com agressividade pelos festeiros.

Os jogadores encontravam-se totalmente alterados e um deles ameaçou com a seguinte frase um torcedor: “Se vazar imagens minhas daqui e minha namorada ver eu vou até seu trabalho pegar você, Eu sei onde você trabalha”.

A ameaça resultou em agressões por parte do torcedor que não se conteve, a turma do deixa disso chegou e separou o confronto.

Após esse lamentável episódio, outros torcedores chegaram e continuaram cobrando os jogadores, porém de forma verbal e sem nenhuma agressão.

Os atletas avaianos encontravam-se totalmente alterados e por diversas vezes chamavam os torcedores para “porrada”. As coisas não tomaram proporções piores pelo fato de que alguns dos presentes interviram e conseguiram acalmar os ânimos.

Com os fim da discussão, torcedores e jogadores entraram em seus carros e foram para os seus lados.

Segundo informação da PMSC, houve o acionamento da polícia para intervir em uma briga que acontecia no centro, mas quando as viaturas chegaram não existia mais ninguém no local e até o presente momento ninguém havia registrado Boletim de Ocorrência.

Se por um lado nada justifica agressões, por outro é inadmissível que jogadores profissionais, as vésperas de um confronto em que pode decidir a vida do Avaí no ano estejam em meio a Pandemia se embriagando em uma casa noturna.

Além da postura ser totalmente inadequada, já que estamos falando de atletas profissionais e que dependem do seu corpo para produzirem em alto rendimento, a situação se agrava por estarmos em um momento pandêmico, no qual estes que estão na balada sem nenhuma responsabilidade podem voltar para dentro do clube e infectar outros atletas.

Qualquer clube profissional que prese por um trabalho sério puniria de forma severa os envolvidos na confusão.

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade