HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Em jogo repleto de reviravoltas, Santa empata com o Ferroviário

Card image

Créditos: Rafael Melo/Santa Cruz

Em partida válida pela última rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, O Santa Cruz recebeu o Ferroviário no Arruda, o duelo foi bastante movimentado sobretudo na etapa final onde ocorreram todos os gols. Willian Lira fez os dois gols (o primeiro de pênalti) iniciais da partida: 2×0 FAC. O Santa Cruz reagiu com uma virada, através de Célio Santos, Caio Mancha e Chiquinho, mas Júnior Batista aos 38 do segundo tempo decretou o empate por 3×3.

O Santa Cruz encerra a sua jornada na primeira fase com 37 pontos e agora se prepara para a disputa do quadrangular final, onde serão definidos os classificados para a Série B 2021. O Santa Cruz aguarda o término da rodada do grupo B para conhecer os seus adversários na última fase.

SÍNTESE DO JOGO

Visando a próxima fase, o Santa Cruz poupou quatro titulares para a partida de hoje. Pendurados por cartões amarelos, Toty, Danny Morais, Lourenço e Pipico foram preservados. A escalação do Mais Querido contou com Maycon Cleiton; Augusto Potiguar, William Alves, Célio Santos e Perí; André, Paulinho e Chiquinho; Didira, Jáderson e Caio Mancha.

O primeiro tempo foi bastante corrido, as equipes deram muito de si, utilizando-se constantemente da velocidade e intensa movimentação no meio de campo, as finalizações eram evidentes, porém até a metade inicial não houve chance iminente de gol. Os retornos de Paulinho, Chiquinho e Didira deram mais criatividade na construção de jogadas da equipe coral, a compactação fluiu e a marcação sob pressão no campo de ataque do adversário, mostrou a cara do Santa Cruz que se classificou antecipadamente ao quadrangular final, uma equipe agressiva tanto com ou sem a posse da bola. O Santa perdeu uma grande chance aos 20 minutos da primeira etapa, em cabeçada de Célio Santos após cruzamento de Peri. Quatro minutos depois, O Ferroviário chegou com perigo através de Esquerdinha, em saída de jogo equivocada do quarteto defensivo coral, mas mandou na rede pelo lado de fora. Apesar das reclamações de Martelotte, próximo ao fim da primeira etapa, o Santa não conseguiu sair do 0x0.

Se faltaram lances que enchessem o peito do torcedor com o grito do gol no primeiro tempo, o segundo tempo foi bem diferente. O Ferroviário iniciou mais lúcido o segundo tempo, pressionando as linhas do Santa. Com efetividade, a equipe cearense iniciou a etapa final alcançando um 2×0 no placar bem cedo. Logo aos 5 minutos, após uma saída de jogo equivocada de Célio Santos, volta para se recuperar e dá carrinho em chute de Henrique, a bola resvala na perna do zagueiro, depois no braço, o árbitro assinalou o pênalti, num lance de pouca sorte do zagueiro. Aos 7 minutos, William Lira cobrou pênalti e chutou no meio do gol, abrindo o placar. Aos 14, Willian Lira (artilheiro da Série C) marcou o segundo, após cruzamento da esquerda, através de Diego Lorenzi.

O Ferroviário crescia no jogo, mas a bola aérea coral deu frutos novamente. Aos 16 minutos, após escanteio cobrado por Didira, Célio Santos reduziu de cabeça. Logo depois, aos 20 minutos, Caio Mancha completou cruzamento de Peri, e de peixinho empatou. A virada só demorou nove minutos para ocorrer, através de Chiquinho. As equipes, desgastadas fisicamente, reduziram o ritmo. O Ferroviário empatou aos 38 minutos, após chute de Willian Lira, Júnior Batista marcou no rebote de Maycon Cleiton. 3×3 decretado.

QUADRANGULAR FINAL

Com o fechamento da rodada do grupo B, o Santa Cruz conheceu seus adversários no quadrangular que definirão os classificados para a Série B de 2021.

São eles: Ituano/SP, Vila Nova (GO) e Brusque (SC)

FICHA DO JOGO

Local: Estádio do Arruda, Recife/PE

Horário: Sábado, às 17h

Arbitragem: Wagner Francisco Silva Souza (BA)

Assistentes: Marcos Welb Rocha de Amorim (BA) e Edevan de Oliveira Pereira (BA)

Gols: Willian Lira 2x (FER) e Júnior Batista, Célio Santos (SAN), Caio Mancha (SAN) e Chiquinho (SAN)

Cartões amarelos: Célio Santos (SAN) e Willian Machado (FER) 

Ver mais

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade