HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

O Resultado das eleições: Corinthianos e Paulistanos perdem o sono!

Card image

Créditos:

“Sair da situação de caos nem sempre é uma vontade da maioria…”

Eleições agitaram o Brasil para o segundo turno em vários munícipios e, em especial a cidade de São Paulo, no último dia 29/11. No dia anterior, o Sport Clube Corinthians Paulista, também passava por um processo eleitoral para definir o novo presidente do Clube para um mandato de três anos.

Duílio Monteiro Alves vence eleição e é o novo presidente do Corinthians;  oito chapas foram eleitas

No clube, apesar dos opositores de peso como Mário Gobbi Filho e Augusto Melo, esse último que ficou com a segunda posição na escolha dos eleitores, não tivemos surpresas, já que, manteve-se no poder o grupo político de Andrés Sanchez, o representante desse grupo Duílio Monteiro Alves foi o vitorioso no pleito, escolhido pela maioria dos sócios que tinham direito a voto em 28/11. Com essa vitória da chapa Renovação e Transparência, o grupo político de Andrés Sanchez pode se perpetuar politicamente no Clube, lembrando outros importantes personagens políticos do passado como Vicente Matheus.

Nervosismo, insatisfação total e torcida dividida: Fiel repercute eleição  do Corinthians nas redes
Clima de Jogo agitam as eleições no Clube

O fato interessante é que Duílio, ex-diretor de Futebol na gestão de Mário Gobbi (2012-2015) e da atual gestão que tinha Andrés Sanchez como mandatário, filho de Adilson Monteiro Alves, diretor corinthiano na época da Democracia Corinthiana, terá que enfrentar problemas estruturais e financeiros, já que o caos está instalado no Clube com déficit recorde no ano anterior agravado pela pandemia nesse ano de 2020. Além disso o time luta em posições intermediárias no atual campeonato Brasileiro, lutando para fugir do rebaixamento e do Z4.

Na cidade de São Paulo a euforia da transformação deu lugar a um certo grau de frustração com a vitória do PSDB, partido que está a 30 anos administrando a capital, que colocou o tucano Bruno Covas para continuar o mandato por mais quatro anos.

O caos instalados nas periferias, a falta de equipamentos públicos de qualidade, transportes, educação e saúde, não foram argumentos suficientes para muitos de seus habitantes que acabaram reproduzindo a vontade e os interesses das classes mais favorecidas distribuídas nas áreas centrais e com maiores benefícios urbanos da cidade.

Eleições 2020: confira as datas do calendário eleitoral

O resultado do pleito, entretanto, mostrou, como numa partida de futebol, que os eleitores da oposição, chapa com Guilherme Boulos e Luiza Erundina, mesmo com a derrota, estavam satisfeitos com o comportamento de seus candidatos durante a campanha e na sua luta diária para virar o jogo. A frustração maior ficou para a prorrogação, já que o jogo quase empatado nas pesquisas, não teve o desfecho esperado após o encerramento das apurações e , como no jogo de futebol, após o apito final do árbitro.

Força, garra, luta e esperança foram as palavras que ficaram no inconsciente coletivo de todos que acreditam na transformação e na vitória, e aguardam, entusiasmados os novos embates eleitorais.

VAI TIMÃO!!!

Ver mais

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade