HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Confiança sai na frente, mas cede empate ao Figueirense no final

Card image

Créditos: Luiz Neto/ADC

Confiança e Figueirense empataram em 1×1 no Batistão nesta terça-feira. O Dragão foi melhor em boa parte do tempo e perdeu várias chances de ampliar o placar e vencer a partida. Os gols foram marcados por Reis, no primeiro tempo, e Dudu aos 38 da segunda etapa.

O jogo começou com o time proletário controlando a partida de maneira que chegava ao ataque e não deixava os visitantes ameaçarem o gol defendido por Jean. A primeira chance de jogo foi perdida por Italo, logo aos dez minutos. Reis deu boa bola para Castilho na direita, que foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro, mas o camisa dez isolou.  Depois disso, o Confiança só conseguiu levar perigo novamente aos 30 minutos e novamente pelo lado direito. Dessa vez foi Madison, que jogou improvisado na lateral direita, quem fez o cruzamento e Castilho cabeceou próximo a trave.

Quando parecia que o jogo ia empatado para o intervalo, brilhou a estrela de Reis. O atacante recebeu a bola, deu um corte de letra no marcador, entrou na área, bateu de perna esquerda e abriu o placar para o Dragão. Um verdadeiro golaço no Batistão.

O segundo tempo foi mais aberto. O Figueirense precisava do resultado e se arriscou mais, de maneira que chegava ao gol proletário e deixava espaços para os contra ataques. Mesmo assim, o Confiança teve as melhores oportunidades para marcar o gol. Castilho quase marcou outro gol olímpico. O meia também fez boa jogada com Italo na esquerda e deu o passe para Rafael Vila na pequena área, que chutou fraco e não conseguiu marcar. Aos 24 minutos, Reis fez mais uma jogada e finalizou rasteiro, mas dessa vez o goleiro defendeu.

Mas no futebol, como diria Muricy, a bola pune. Na melhor jogada dos catarinenses em toda a partida, a bola foi cruzada na cabeça do baixinho Dudu, que apareceu livre no meio da área e de peixinho colocou a bola no fundo das redes. Daniel Paulista ainda tentou ir para o desespero colocando Ari Moura, mas de nada adiantou e o jogo terminou empatado.

Foi uma sucessão de erros que acabou resultando nesse empate amargo para o Confiança. Com o resultado, o time proletário termina a rodada na nona colocação com 36 pontos e a pelo menos cinco pontos do G4. Olhando para baixo, mesmo com a vitória do Náutico, o Dragão segue a 12 pontos do Z4, uma distância bem confortável e muito difícil de ser tirada. O próximo desafio é na sexta-feira (4), diante do Vitória no Barradão às 19h.

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade