HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Derrota e risco de queda: Mais uma péssima temporada do Criciúma

Card image

Créditos: Assessoria Criciúma E.C.

O Criciúma decepcionou seu torcedor mais uma vez e perdeu o jogo deste sábado, 28, em Porto Alegre, no confronto válido pela 17ª rodada da fase de grupos do Brasileirão da Série C. Em um jogo contra o São José, os comandados do técnico Itamar Schulle foram derrotados por 2 a 0. A sétima derrota em 17 partidas acendeu o sinal amarelo, pois o Tigre é o primeiro time fora da zona de rebaixamento e se não vencer na próxima rodada, pode cair pra 4ª divisão.

Um rebaixamento do Criciúma pra Série D do Brasileirão só reforça o sentimento de que a atual administração, presidida pelo presidente Jaime Dal Farra, não deu nenhum pouco certo: Foram dois anos (2018 e 2019) brigando pra não cair pra Série C, no qual na temporada passada não conseguiu permanecer. Agora, após uma série de resultados negativos, o Tigre se vê novamente numa zona desconfortável. A 4ª divisão jamais foi disputada pelo Criciúma e essa possibilidade é considerada uma verdadeira tragédia, por tudo o que o clube já conquistou.

Faltando uma rodada para fechar a fase de grupos, o Criciúma é o oitavo com 18 pontos. O primeiro time do Z-2 é o São Bento, que venceu o Boa em Varginha/MG e se manteve na briga pra permanecer na terceira divisão. Com a derrota em casa, o time de Minas Gerais foi rebaixado com 14 pontos.

A matemática é simples: Uma vitória contra o Brusque, em casa, no próximo sábado, às 19h, deixa o Criciúma na Série C sem precisar depender de ninguém. Se o Criciúma empatar e o São Bento não vencer, também permanece. Uma derrota carvoeira e uma vitória paulista, rebaixa o tricolor catarinense.

Na última rodada, os jogos são clássicos, times que praticamente jogam contra times do mesmo estado. O adversário do Criciúma, que perdeu por 8 a 1 em casa, precisa vencer pra garantir a classificação à próxima fase. Mesma situação do Ituano, adversário do São Bento, que é quarto colocado e depende de si para se classificar.

Uma situação ficou clara: A semana será tensa nos lados do Estádio Heriberto Hülse. Já há nos bastidores informações de uma possível demissão do técnico Itamar Schülle, que foi contratado após a saída de Roberto Cavalo e venceu somente o jogo da estréia – última vitória carvoeira – por 2 a 1 contra o Londrina, no dia 11 de outubro, na abertura do segundo turno.

Espera-se que o Criciúma faça seu papel, de voltar a vencer, mas a dificuldade será grande. Quem viver, verá, e até lá, muita oração e palpites.

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Comentários

  1. Kleber Danielski disse:

    Seguimos na torcida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade