HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Sem loja virtual, Figueirense passa Black Friday à míngua

Card image

Créditos: Figueirense Oficial

Nesta sexta-feira, boa parte do mundo aproveita para fazer dinheiro com a chamada “Black Friday”. Alguns, adotam a “Black Week” ou até mesmo um mês inteiro com promoções. Ao consumidor, surge a oportunidade de economizar uns trocados e até mesmo garantir algum presente de Natal!

Todos ganham, menos o Figueirense!

O alvinegro ainda não possui sua loja virtual, nem mesmo sua fornecedora de material esportivo que o clube terceiriza como se fosse marca própria. Isso tudo tem um nome: INCOMPETÊNCIA!!!

Sem dinheiro em caixa e com as contas combalidas, o Figueirense poderia aproveitar a época para arrecadar alguns trocados. Recentemente, lançou sua camisa rosa, em alusão outubro rosa, e movimentou seu torcedor, especialmente o feminino. Vários foram os registros, em redes sociais, delas usando o manto alusivo ao combate ao câncer de mama. Agora, nem isso fizeram! Aliás, quem quiser comprar um produto do alvinegro, precisa ir ao Scarpelli (mesmo em tempos de pandemia) e lá adquirir uma camisa, um casaco, bermuda, etc.

Parece que estamos ainda nos anos 90. Aliás, passado quase um ano da atual/velha diretoria no clube, os métodos são bem parecidos com as décadas passadas. Só que estamos em 2020!

No podcast do Clássico em Debate, o qual participo desde o início do ano, canso de bater na tecla da pobreza envolvendo o marketing alvinegro. A omissão e falta de ações causam desespero a quem vê o potencial de um clube e história (quase centenária) do tamanho do Figueirense. Chega a ser ridículo, como o fato de não ter sua loja on-line.

Já ouvi que o CNPJ da Figueira Store estaria no nome da antiga gestora, que deixou o clube em setembro de 2019, além de tantas outras histórias como o fato de considerar caro montar um e-commerce. Caro é ter esse elenco com 50 jogadores, sendo que 4 ou 5 se aproveitam. Independente de qualquer coisa, o Figueirense perde uma grande oportunidade e vê seus rivais encherem os cofres na Black Friday.

Para encerrar, lembro que daqui menos de um mês, haverá o Natal. É a “galinha dos ovos de ouro” do comerciante. Até lá, espero que o Figueirense já tenha sua loja on-line, mas duvido muito.

Viva a INCOMPETÊNCIA!!!

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade