HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Jean Pyerre me dá nojo

Card image

Créditos: Grêmio Oficial

No momento em que Pepê deu o passe, eu já senti. A aurora dos despreocupados brilhou, travestida de displicência. Jean Pyerre dominou, não sei se olhou, e chutou. Um chute desgraçado, molenga, nojento. Quem vê, parece que tentou errar. “Sai daqui”, ele disse à bola, que pela maledicência do autor, decide contrariar. Atravessou adversários e quicou dentro do gol, com o arqueiro a observar, de mãos na cintura, sem saber o que aconteceu.

Olhando, parece fácil, e de tão fácil parecer, dá nojo. Jean Pyerre é nojento. Lida com a bola como passa manteiga mole no pão. Pisa, gira, escova e deixa adversários no chão sem precisar se mexer. O tronco altivo, esguio, enxerga tudo, e entrega a maldita onde quer, no pé de quem quer, na cabeça de quem quer. Ela vai, quebra tempo-espaço de jogo e chega no destino, calma e serena.

Jean Pyerre me dá nojo, me enoja de cima abaixo. Do pé direito que humilha ao fraque invisível que o orna. É uma supernova, que se receber mais um grama de classe, explodirá sem deixar nada em pé em seu mundo de desrespeito, na mesma brisa que bate ao rosto dos gênios.

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade