HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Melhor de todos os tempos

Card image

Créditos:

@alexcalheiross

Abrimos os trabalhos com o seu xingamento. Não tenho dúvida! O título te fez clicar para saber o que este miserável que vos escreve quer insinuar. Eu sei… Eu sei… Você chegou aqui disposto a desqualificar qualquer tipo de comparação. Que ousadia deste jornalistazinho de bosta! Pelé é incomparável! Calma! Muita calma nesta hora, nobre opositor. Na bola possivelmente não há o que falar. Pelé não tem medida, mas eu sigo em frente com a afirmação: Maradona é o maior de todos os tempos e explico a razão.

Vamos olhar o mundo como é o mundo. Vamos analisar as encrencas e pensar em quem nunca se colocou a par de tudo que está aí. Pois é… Daí já dá para entender melhor onde quero chegar. Quem esteve mais próximo do mundo real? Diego ou Edson Arantes? Quem mais se posicionou diante de tudo a nossa volta? Pelé, assim como são vistos os deuses gregos do Olimpo, nutriu-se de toda crença. Explodiu no mundo da bola e soube administrar muito bem tamanha devoção. Aliás, merecida, diga-se de passagem. Edson nunca se envolveu com absolutamente nada que colocasse o seu reinado em perigo. Maradona não! El Pibe guerreou, lutou da sua maneira, errou, assumiu o erro ou simplesmente não os admitiu. E daí?

Muitos dirão que não soube gerir a carreira (sem trocadilho maldoso). Talvez! E daí? Maradona é o anti-herói, o ser humano extra-série no mundo das celebridades que nunca se comportou como tal. Inatingível? Jamais. O craque argentino sempre demonstrou ser como qualquer um: cheio de defeitos e coração imenso. Pagou o preço!

O Deus argentino nos deixa como se nem Deus fosse. Na verdade nunca foi e nunca fez questão de parecer um. Meteu a cara, o nariz, chutou covardemente a própria vida muitas vezes contra ele mesmo. Jamais se omitiu ou tentou passar outra imagem. O mundo se despede de um ídolo rebelde com a própria idolatria, de um homem comum de carne e osso. De sucesso sem medida por ser apenas ele mesmo. Maradona é o maior de todos os tempos porque todo este tempo ele simplesmente foi sempre o mesmo. Adiós hermano!

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Comentários

  1. Daniel disse:

    Belo texto Calheiros, passei a olhar o Maradona de forma totalmente diferente e concordo com você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade