HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

As “Mina”, o Derby paulistano e as eleições.

Card image

Créditos: Jogadoras do Corinthians comemoram a classificação para a final do Brasileiro feminino (Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

Como no consagrado filme de Ugo Giorgetti, Boleiros – Era uma vez o futebol, de 1998, os momentos memoráveis narrados na película foram resgatados no último dia 16/11 no Derby paulistano, só que dessa vez estrelado pelas atletas dos times femininos que disputam o campeonato nacional.

Boleiros - Era uma Vez o Futebol... : Elenco, atores, equipe técnica,  produção - AdoroCinema
Cartaz de apresentação do Filme – 1998

O romantismo desse esporte, praticado no gramado pelas Meninas, foi revivido com o tempero das disputas epopeicas envolvendo os dois rivais mas tradicionais da Capital de São Paulo.

As “Mina”, jargão da arquibancada, desfilaram luxuosamente sua habilidade com a bola no gramado da Neo Química Arena quando, embaladas pelo vigor e determinação do time, conseguiram impor uma derrota clássica, placar 3 a 0, ao rival Palmeiras depois de um jogo apertado no Allianz Parque, em que o empate foi tido como vitória.

A vibração feminina e a determinação das atletas com direito a gol olímpico de Yngrid, para desespero dos torcedores alviverde, marcaram a noite pós eleições na cidade de São Paulo. A vitória coroava o time feminino do Corinthians que iria para a final do Campeonato Brasileiro da categoria.

Isso posto, não foi apenas a vitória esportiva do time feminino do Corinthians que chamou atenção nesse dia.

Ainda ecoavam pelas ruas da cidade os gritos alegres de todos os cidadãos e cidadãs que tinham na garganta as palavras Democracia, anti-fascismo, liberdade, feminismo, anti-racismo, igualdade anti-feminícidio, equidade de gênero, etc, todos eufóricos com os resultados da urnas que mostraram uma nova cartografia local de expressões políticas que tinham como bandeira política a resistência contra a opressão e representam os anseios dessa parcela da população.

As Mulheres e representantes dos movimentos LGBTQI+ ampliaram sua participação parlamentar, seja através de coletivos ou de candidaturas individuais, e nos mostram a força e a determinação dessa importante parcela da sociedade na luta cotidiana para a defesa e ampliação dos seus direitos civis.

De acordo com os dados apurados e notícia divulgada pela rede Brasil Atual como segue: ” um ponto de destaque do Legislativo paulistano é a presença feminina na Câmara dos Vereadores, que chegou a um recorde histórico. Foram 13 vereadoras eleitas (23% das cadeiras da Casa). Na legislatura anterior, eram 11. Entre elas está Erika Hilton, a primeira vereadora trans da capital paulista. Ela foi uma das dez mais bem votadas na cidade, que também elegeu com votação expressiva Thammy Miranda, um homem trans.”

redebrasilatual.com.br

Euforia a parte, ainda temos o segundo turno na Cidade de São Paulo e em outros vários municípios importantes para a definição do Chefe do executivo municipal, mas aqui na capital, em especial, mais uma vez é a Guerreira Erundina que chama atenção, vice na chapa com Guilherme Boulos.

Fonte: El País

Sua longevidade octogenária não diminui seu esforço e luta por uma cidade mais justa, por uma geografia Cidadã, como defendia o saudoso Prof. Dr. Milton Santos, grande mestre das ciências humanas na Universidade de São Paulo, e sua participação nas falas aos habitantes das periferias e sua postura determinada, lembram as arrancadas das atletas do Timão, as divididas no embate com as adversárias, a persistência em tentar mudar a situação e trazer a alegria ao povo mais sofrido e oprimido.

O Timão é assim, a história romântica do Derby sempre foi recheadas desses ingredientes e as eleições nos permitem fazer essas comparações.

VAI TIMÃO…

Ver mais

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade