HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Em semana decisiva, Palmeiras ainda sofre com surto de Covid no elenco

Card image

Créditos: O jogador Raphael Veiga, Willian e Aníbal da SE Palmeiras, comemoram o gol contra a equipe do Ceará SC. Os 3 testaram positivo para Covid. (Foto: Cesar Greco)

Apesar dos ótimos resultados recentes, a torcida palmeirense tem motivo de sobra para se preocupar. O time vive um surto de covid que já chega a 18 jogadores afastados, com 5 deles confirmados só nesta sexta-feira. Raphael Veiga, Willian Bigode, Breno Lopes, Aníbal e Alan foram os últimos a testar positivo. Completam a lista os jogadores Jailson, Vinicius Silvestre, Matías Viña, Alan Empereur, Benjamín Kuscevic, Danilo, Gustavo Scarpa, Quiñonez, Gabriel Silva, Rony, Gabriel Veron, Marino Hinestroza e Pedro Acacio. A boa notícia é que o zagueiro Luan e o lateral Gabriel Menino já estão recuperados e a disposição do treinador.

Com apenas 12 jogadores da equipe principal disponíveis para o jogo deste sábado contra o Goiás, o técnico Abel Ferreira deve usar os jogadores da base para compor o banco de reservas. O Palmeiras ainda enfrenta o Delfín do Equador na quarta-feira fora de casa, em partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores.

O jogador Luan, da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco)

Apesar da grande quantidade de jogadores indisponíveis, o Palmeiras deve entrar em campo “normalmente” nas próximas partidas. CBF e CONMEBOL já deixaram claro anteriormente que não pretendem adiar jogos por conta de desfalques. O protocolo da CBF determina que um mínimo de 13 jogadores a disposição por equipe é o suficiente para que as partidas aconteçam. Já a CONMEBOL prevê um número mínimo de 7 jogadores.

Fato é que muitas pessoas ainda se questionam se a volta do futebol em meio a uma pandemia foi uma decisão correta. Além de colocar jogadores, funcionários e seus familiares em risco, a falsa sensação de normalidade tem levado torcedores a se aglomerarem nas ruas e aeroportos. Com a chegada de jogos decisivos nas principais competições, é de se esperar que episódios como o dessa semana envolvendo a torcida do São Paulo se tornem mais frequentes.

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade