HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Finalmente, Grêmio começa a jogar futebol

Card image

Créditos: Grêmio Oficial

Depois de muita turbulência técnica em 2020, o Grêmio conseguiu mostrar o rosto ideal para ser competitivo na temporada. Cabe dizer: na hora certa. Mesmo vindo de uma série de vitórias que tirou o time do limbo do meio da tabela do Brasileirão para a ponta, o futebol em campo era sofrível, apesar dos resultados.

Duas mudanças foram essenciais para que o Grêmio fosse de um time reativo, sem posse de bola, para o clássico time do Renato dos últimos anos, dominando a posse, com toque de bola rápido e com presença forte na área do adversário: Darlan e Jean Pyerre.

Com o novo camisa 10 gremista em campo, há uma mudança de postura do time, muito disso cabe ao fato de Jean Pyerre ser o único meia articulador em todo elenco gremista. Quando Jean não está em campo, há apenas volantes e pontas para substituí-lo. Fora isso, a qualidade do meia é excepcional, aparecendo como opção a todo momento, estimulando o toque rápido de bola e com finalização e passe longo de muita qualidade.

Já a presença de Darlan, ao lado de Matheus Henrique, cria uma dupla de volantes que se destacam na velocidade de recuperação, de proteção de bola e qualidade em avançar quando necessário. Com Lucas Silva, que não é um jogador despresível, a saída e recuperação de bola se tornam lentas. Hoje, Darlan é tão ou mais importante que Matheus Henrique no time titular.

Apenas duas peças, nada mais que isso, mudaram o Grêmio de um time miserável e irritante para um time que volta, mesmo que de forma tímida, a encher os olhos da torcida. É bem verdade que os adversários aos quais o Grêmio se impôs não eram grandes referências técnicas, mas a comparação se faz com o que o time vinha fazendo anteriormente: contra postulantes ao título ou ao rebaixamento, as dificuldades do Grêmio eram as mesmas e imensas.

O importante é que o time cresceu, ou melhor, renasceu, na hora certa, numa semifinal da Copa do Brasil, nas oitavas de final de uma Libertadores e beliscando uma vaga na cabeça do Brasileirão, com um jogo a menos e um turno inteiro pela frente.

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade