HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Santa Cruz se assegura na liderança e pode superar marca histórica na Série C

Card image

Créditos: Foto/Divulgação Santa Cruz EC

Nem o mais otimista torcedor do Santa Cruz poderia esperar uma campanha praticamente irretocável até o momento, mesmo com diversas alterações no time titular ao longo do campeonato devido a COVID-19, a equipe de Marcelo Martelotte assegurou a manutenção da liderança de forma antecipada ontem no Mangueirão, após vencer o Clube do Remo por 2×0, com grande atuação de um dos maiores nomes da cobra coral na temporada: Maycon Cleiton.

De antemão, esse projeto se iniciou já no Campeonato Pernambucano sob a batuta de Itamar Schulle, em que por fatalidade e nos pênaltis, o Santa foi derrotado pelo Salgueiro na final, mas a base desse time com peças que tem sido fundamentais como Maycon Cleiton, Paulinho, Célio Santos e André formaram o pilar de um time competitivo e que conseguiu dar a volta no placar diversas vezes nesta Série C, como foi no empate contra o Treze no Arruda, em que o time estava perdendo até os 45 do segundo tempo e buscou a virada nos acréscimos, mostrando o poder de reação da equipe.

O momento do Santa Cruz mostra-se positivo a ponto de estar muito próximo de quebrar a melhor campanha da história da Série C no formato de pontos corridos, que atualmente pertence ao Fortaleza, que em 2012 alcançou os 39 pontos. O Santa Cruz está com 36 pontos e com mais 3 partidas a serem disputadas esta marca possivelmente será batida pela cobra coral.

Mesmo sem poder contar com o calor de sua torcida, o clube segue brutal como mandante: não perde em seu reduto desde o dia 5 de julho de 2019, quando perdeu para o Ferroviário pela décima primeira rodada da fase de grupos, desde então, é só alegrias para a torcida coral. Os desfalques são inúmeros, os mais sentidos são os dos experientes Danny Morais e Pipico, que foram diagnosticas com a COVID-19, forçando diversas improvisações no time, e mesmo convivendo com esses problemas, o elenco do Santa Cruz se mostra coeso, sempre perigoso com as subidas de Leonan pela esquerda e a cadência de Didira no meio de campo.

Se manter a pegada e contando com o retorno de jogadores importantes como os já citados e Chiquinho, que vinha sendo muito importante na dinâmica de jogo de Marcelo Martelotte, o Santa Cruz será um dos fortes candidatos ao acesso e posteriormente o título do Campeonato Brasileiro da Série C 2020.

Ver mais

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade