HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

O que sobra de Ceni?

Card image

Créditos: fonte: https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rogerio-ceni-renova-contrato-com-o-fortaleza-para-2020/

Ao longo dos três anos que esteve no comando técnico do Fortaleza Esporte Clube, Rogério Ceni encantou a imensa torcida pela disciplina tática que implementou no Leão. Estilo de jogo ofensivo, com valorização inteligente da posse de bola, jogadas iniciadas pelo camisa 1 até a conclusão do 9, em lances rápidos e efetivos. A dinamicidade tática dos elencos, a capacidade de se malear conforme o andamento do jogo, conforme a estratégia do adversário, extraindo o melhor de jogares subestimados, fazendo escalações compostas por reservas renderem a nível de titulares.

Rogério Ceni atraiu jogadores de qualidade, atraiu patrocinadores, atraiu visibilidade midiática, atraiu um plano de crescimento estrutural que garantiu conquistas para o Leão. Sob o comando do Tricolor de Aço, foi um bicampeonato estadual conquistado em outubro de 2020, um inédito título da Copa do Nordeste e o título mais importante da história do futebol cearense, o campeonato nacional da Série B 2018.

E afinal, o que sobra de Ceni? Para além do aparato etrutural que o Fortaleza Esporte Clube ofereceu para que Rogério Ceni se projetasse para o cenário nacional, após fracasso no SPFC, sendo cobiçado e contratado pelo Flamengo-RJ em 2020, ficam as memórias de grandes conquistas, grandes embates, grandes ambiçõess que se concretizaram em realizações. Fica para a torcida, diretoria e equipe, o DNA vencedor que o Fortaleza pôde retomar com o comando de Rogério.

A contraponto, para grande parte da torcida, fica a página final do capítulo final, manchada pela quebra de palavra daquele que prometeu estar conosco até o fim do campeonato, sabotando sua própria imagem. Fica a indignação do projeto interrompido, do elenco que, montado e treinado a sua maneira, terá agora que se reorganizar sobre outro comando técnico para manter os objetivos do Fortaleza no campeonato. Fica a sorrateira saída, dessa vez, sem expectativa nenhuma de saudações por um possível retorno futuro.

A era Ceni se encerra, a expectativa pela chegada de uma nova comissão técnica igualmente qualificada toma conta da torcida que não abandona o sentimento tricolor, que em qualquer situação vibramos cada vez mais forte. O campeonato brasileiro exige rápida recuperação ao caminho das vitórias. Agora nos voltamos firmes e mais unidos que nunca para os próximos rugidos do Leão!

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade