HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

A conquista de um acesso que parecia inalcançável

Card image

Créditos: Créditos da imagem: Renan Oliveira/E.C. Jacuipense

Em toda sua trajetória, o Jacuipense nunca tinha disputado uma série C de um campeonato brasileiro, até que em 2019 essa história mudou. Com uma campanha digna de acesso, precisávamos apenas de nós mesmos para subir. Foram 26 pontos em 12 partidas, com 8T, 2E e 2D, ocupando assim a maior parte do tempo o G-4. O jogo de ida aconteceu no dia 15/07/2019 na casa do Floresta.

O time precisava sair com um triunfo ou empate para decidir em casa. O jogo terminou 2×2, trazendo alivio para o coração dos torcedores. No dia 21/07/2019 aconteceu o jogo de volta aqui em Riachão, ao qual era o decisivo para o nosso clube.

Era um dia de domingo à tarde e o estádio lotou! Infelizmente não consegui acompanhar pessoalmente, nem tive a honra de estar lá. Mas, de casa, eu ouvia pelo rádio (isso mesmo, aquele que as pessoas dizem que um dia não existirá. Mas posso dizer algo? Que emoção esses radinhos nos trazem, né?!) a narração do jogo. Em um primeiro tempo pouco movimentado, o Jacuipense não conseguiu abrir o marcador e causava medo e nervoso. Eu não desgrudava nenhum minuto do rádio.  

A cada escanteio, falta, chegada do adversário próximo do nosso gol o coração parava. Fim do primeiro tempo chegou. Jacuipense conseguiu segurar o placar de 0x0. Com o placar de 2×2 conquistado, o jogo estava se encaminhando para a disputa de pênaltis. Bom, naquele momento eu já não tinha coração. Mais quarenta e cinco minutos éramos o que tínhamos para decidir o nosso destino.

Na volta para o segundo tempo o Jacuipense voltou diferente, animado, e com vontade de decidir aquilo logo sem precisar ficar aflito e ir para a disputa dos pênaltis. Até que, aos 27 minutos do segundo tempo, o Jacuipense abre o marcador com um gol do atacante Eudair, nos causando alivio no coração.

No placar agregado o jogo estava 3×2 para nós e não podíamos mais tomar nenhum gol. Ainda faltavam alguns minutos do tempo regulamentar e mais acréscimos para gritarmos para a série C que estávamos chegando. O tempo não passava e parecia que não tinha mais fim, até quer o juiz terminou a partida e consolidamos o nosso tão sonhado acesso, ao qual demorou muitos anos para ser conquistado. 
 
Após o fim da partida, convidei meus amigos para ir para a praça central da cidade, mais conhecida como Landulfo Alves para comemoramos o acesso juntos. A cidade estava cheia! Os bares e lanchonetes recheados de torcedores que vibravam com essa conquista inédita. Do nada surge uma carreata acompanhada de muitos carros, motos, fogos e euforia. A praça da cidade mais parecia um carnaval. Sabe o bloco da Ivete Sangalo? Chiclete com Banana? Léo Santana e demais no carnaval de Salvador?! Foi assim que a praça ficou! Até trio elétrico surgiu para embalar mais ainda a nossa emoção. Que dia, pessoal! Depois de tantos anos de luta e persistência, o Esporte clube Jacuipense conseguiu chegar em uma série C e disputar um campeonato que por mais que para uns não tenha valor, para nós é de uma profunda satisfação e importância.

Com força e foco batemos o fantasma da frustação do acesso não alcançado em 2014, e subimos mais fortes que nunca! 

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade