HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL FUTEBOL FEMININO MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Clube de futebol é torcida. E torcida é identidade.

Card image

Créditos: Coritiba Football Club

Cansamos de ouvir que futebol é muito mais que futebol. É mais que evidente que o volume do que habita em torno desse esporte é muito maior do que ocorre com os outros que existem aos montes por aí. Acredito que isso ocorra pois o futebol se tornou um fenômeno social, o qual vai muito além dos 90 minutos nas quatro linhas.

Futebol é identidade. A cultura que desperta e se desenvolve em torno do esporte bretão carrega consigo as mais diferenciadas identidades. Dos racistas do Beitar Jerusalem e fascistas do Spartak Moscou aos comunistas do Livorno e libertários do St. Pauli, o futebol é um veículo de manifestação de culturas que cobrem praticamente todas as manifestações culturais da sociedade que surge na segunda metade do século XX. Étnicas, políticas, religiosas, regionais, econômicas, nacionais.

É assim que se escolhe um time de futebol – quando se pode escolher. E foi por isso que me tornei um torcedor do Coritiba Football Club. Bom, devo ser sincero, a escolha não foi minha. Mas eu, como a grande maioria dos brasileiros, herdei a paixão escolhida. Quem me concedeu a herança, contudo, fez a escolha.

Não, minha família não é de origem alemã e não habitava Curitiba na época que a cidade carregava o nome do clube – quase – homônimo. Minha família paterna, por ter origem italiana e por povoar o norte paranaense, veste o alviverde de outro grande clube brasileiro. Mas meu pai chegou jovem a Curitiba e precisava escolher um clube pra chamar de seu.

Tomou a decisão correta. Foi a um AtleTiba no Couto Pereira na década de 70, decidido a sair de lá com uma escolha segura. O estádio divido ao meio, festa das torcidas, vitória atípica do clube do bairro Água Verde.

Mas o jovem não hesitou. Entendeu que a dupla atletiba se dividia com base em identidades, e soube qual era a sua. A festa no estádio, as bandeiras, as cores, as canções e os indivíduos que compunham as arquibancadas serviram para a escolha. A escolha era e é o Coritiba. O tradicional, popular e campeoníssimo clube do Alto da Glória, com seu histórico estádio construído com seus próprios recursos, a duras penas, durante décadas, e dono de belíssima história repleta de ídolos dentro e fora dos gramados.

A identidade do clube não é hoje a mesma da década de 70, e tampouco é a do rival. Contudo, a essência de respeito à história e à autonomia em suas conquistas permanece forte e viva no Coritiba, e entendo que é esse o maior patrimônio do clube. Sua história e sua torcida. É ser o campeão do povo. E enquanto estiver viva e preservada a história e a torcida, haverá um Coritiba forte.

A perda da identidade, ou a adoção de uma nova e problemática identidade são os únicos fatores capazes de me afastar do clube do meu coração. Meus votos são pela perpetuação da história, da torcida, das festas, e das boas escolhas como a feita pelo meu amado pai. Que jamais desvirtuem o Coritiba. Que ele seja eternamente coxa.

Ver mais

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade