HOME CLUBES PRINCIPAL COPAS MUNDO DO FUTEBOL MERCADO DA BOLA CULTURAL CONTATO

 

 

SERIE A

SUDESTE

NORDESTE

SUL

CENTRO-OESTE

NORTE

Ser colorado…

Card image

Créditos: Internacional Oficial

Ser colorado…Como isso começou? Eu não sei, sou filho de um paraibano flamenguista que, morando em Porto Alegre, permitiu que seus filhos escolhessem seu times. Um de seus filhos escolheu o Grêmio e tentou convencer seu irmão mais novo a ser tricolor e ele, querendo fazer birra, disse que não, que seria colorado. Mal ele sabia que esta era uma decisão que levaria para sempre, a segunda pele que carregaria onde quer que fosse.

E assim era colorado, e assim levava o vermelho e branco. Primeiro tomei esta decisão e depois me vi começando a acompanhar o Inter assiduamente em 2008, embora me lembre nitidamente de 17 de dezembro de 2006, o dia que nenhum colorado esquece, o dia em que o mundo virou vermelho e branco.

Bom, eu falei de como virei colorado, de quando eu virei colorado de forma mais assídua, mas eu não respondi a pergunta filosófica mais importante: o que é ser colorado? Eis o grande desafio.

Ser colorado é cantar como um louco atrás do gol no P7;
Ser colorado é ter orgulho do motivo que levou Henrique Poppe, Luiz Madeira, Antenor Lemos e José Eduardo a fundarem o Inter: levar o futebol ao povo;
Ser colorado é nunca deixar de acreditar;
Ser colorado é ter a garra de pessoas como Charuto, Chuchu, Rao, Macaco, Vó Noêmia, Zecão que nos acompanharam na chuva ou no sol, nos anos 90 ou em 2006, em 2010 ou em 2016, en las buenas y en las malas;
Ser colorado é se sentir a poesia de Veríssimo nas pernas de Falcão;
Ser colorado é se sentir como um gol no minuto final do Andrezinho ou do Escurinho;
Ser colorado é se sentir iluminado como o pôr do Sol do Guaíba e como o gol do Figueroa;
Ser colorado é se sentir um gol de falta de Valdomiro contra o Corinthians;
Ser colorado é se sentir invicto como o time de 79;
Ser colorado é se sentir como a vibração de Nilson ao marcar no Grenal do Século;
Ser colorado é sofrer como quem vê um gol de pênalti do Célio Silva na finaleira;
Ser colorado é se sentir Libertador da América como em 2006 ou 2010;
Ser colorado é se sentir campeão do Mundo como Fernandão, nosso Deus oh Fernandão;
Ser colorado é se sentir campeão DE TUDO;
Ser colorado é ver o D’Ale rindo da cara do Victor depois de fazer mais um golo no arqueiro gremista;
Ser colorado é entrar em Gre-nal para matar e não para ganhar, tal qual diria Guiñazu.

Enfim, ser colorado… É indescritível, indefinível. Só quem é sabe o que é isso, só quem sente sabe o que é ser colorado. Enfim, ser colorado… é uma frase com muitos significados, só quem é sabe o que é.

mm

Sobre o autor

Ver mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Siga nossas redes sociais

© 2020 Atras do Gol é uma marca registrada da Atras do Gol Limited Liability Company.  Todos os direitos reservados. O uso deste site constitui aceitação de nossos Termos de Uso e Política de Privacidade